6 Capítulo 16


Capítulo 16
Cê topa?

-Larinha!-Rober abraçou a garota sorridente-Finalmente você apareceu com namorada oficial -Ele debochou,fazendo Luan revirar os olhos e Lara corar.
-Pois é né?-Disse ela sem graça.
-Não liga pra esse palhaço não amor-Luan disse sério,mas logo deu um tapa na cabeça do amigo,e sorriu,puxando Lara para uma das cadeiras do escritório,para lhe mostrar a surpresa. -Pronta?-ele perguntou animado.
-Claro-Ela sorriu,então ele deu Play no Media Player e o clip se iniciou.

Já pensou se a gente for
Um pouco mais ousado nesse nosso lance
Já pensou, transformar
A nossa amizade num lindo romance

Presta atenção em tudo o que a gente faz
Já somos mais felizes que muitos casais
Desapega do medo e deixa acontecer
Eu tenho uma proposta para te fazer

Eu, você, dois filhos e um cachorro
Um edredom, um filme bom um frio de agosto
E aí, cê topa?

Eu, você, dois filhos e um cachorro
Um edredom, um filme bom no frio de agosto
E aí, cê topa?

Sem perceber,a garota chorava,emocionada com o clip,porém Luan interpretou mal sua reação.
-Não gostou?-ele perguntou confuso,e desanimado.
-Não,não é isso-Ela limpou rapidamente o rosto com as costas das mãos-Só que,nossa!Nunca imaginei que alguém,ou melhor,algum cantor iria fazer uma coisa assim!Você poderia ter feito um clip romântico,e preferiu aderir a causa dos cães abandonados!Estou realmente sem palavras para descrever a felicidade que estou sentindo,e o orgulho!-Lara olhou para ele sorrindo-É como se isso fosse um presente para mim,e bom,você viu o cãozinho que parecia o Chupeta no clip?Foi naquele momento que comecei a chorar,eu acho.
Luan puxou a garota para seu peito,ela respirou profundamente seu cheiro,uma mistura de Hugo Boss,hortelã e Luan Rafael.
-Foi realmente um presente para você esse clip,queria lhe fazer uma surpresa-Ele olhou para ela sorrindo-Fico feliz que tenha gostado...
-Eu amei!-Ela lhe beijou,tirando o fôlego dele e envolvendo seus braços entorno do pescoço de Luan.
Ele a beijou com paixão,as línguas dos dois dançando em perfeita sincronia,como se tivessem ensaiado aquela dança por anos e anos.
-Lara...-Ele murmurou,sua voz agora rouca em um tom sexy.
-Vamos,temos um almoço em família,e eu não quero terminar transando com você no seu escritório-Lara respondeu rindo
Luan jogou sua cabeça para trás gargalhando.
-Eu nunca...
-Eu sei que você gosta de lugares exóticos,suas fãs meu contam as coisas-Ela olhou para ele com divertimento;
-Agora você ficou íntima das minhas fãs?-Perguntou ele incrédulo,mas sorrindo depois.
-Sim!Já sei que você transou em um ônibus,e nossa,coitada da garota,deve ter ficado toda roxa depois.
-E porquê ficaria?-Ele prendeu o riso
-Ué,o ônibus sacudindo daquele jeito,deve ter ficado,depois de ter batido a cabeça na janela,ou no banco...não sei-Disse ela refletindo.
Luan riu mais uma vez,depois se aproximou de Lara novamente,colando seus lábios na orelha da menina.
-E você Senhorita Fernandes,não tem esse desejo por lugares exóticos?-Lara se arrepiou com aquela voz tão próxima,e sorriu.
-Um dia quem sabe você descobre,por enquanto,vai ficar na curiosidade!-Ela respondeu divertida.

A família Fernandes,e a família Santana,estava em um almoço,em um domingo nublado,conversando animadamente,um conhecendo o outro.
Todos os casais ali presentes,pareciam realmente serem perfeitos aos olhos de qualquer pessoa,até mesmo a mais amargurada,cujo não acreditasse muito em amor eterno,ou mesmo Lara.
Marizete e Amarildo,Alexandre e Luíza,eram um dos casais ali presentes que estavam unidos por mais tempo,e enquanto o churrasco fluía com conversas,risos,brincadeiras e músicas,Lara desejou poder ter alguém que ficasse sempre do seu lado,como Amarildo,que apesar de tudo,enfrentou barreiras para estar ao lado da esposa,e apoiou o sonho dos filhos,ou mesmo seu pai,Alexandre,que mesmo com seus plantões no hospital,sempre colocava a família em primeiro lugar.
Ela observou os primos de Luan,correndo pelo quintal sorridentes,e desejou ter uma família assim um dia,grande e feliz.
-Lara-Seu pai a puxou para conversar.
Ela o olhou por dois segundos,mas desviou o olhar em seguida.
-Hey,o que aconteceu?-Ele ergueu o queixo dela para que o encarasse.
-Nada...
-Lara,eu entendo que não queira contar nada agora,mas se quiser um amigo para conversar,seu velho pai estará aqui.
-Obrigada-ela sorriu agradecida e o abraçou com força
-Filha,nós já vamos,vê se não some e aparece em casa,as vezes parece que você está morando na China ao invés do Rio-Luiza reclamou ao abraçar a filha que revirou os olhos fazendo seu pai rir.
-Sempre exagerada você,mãe,mas eu prometo,vou visitá-los em breve,é só o Sam se recuperar cem por cento,não gosto de deixá-lo com a Ashley,quando ela está ocupada com o casamento-Ela disse se sentindo culpada por ter novamente ter abandonado Sam dias atrás com sua melhor amiga,que acabou perdendo um evento de noivas no Rio,só para deixar que Lara curtisse o namorado cantor.
-Ele ficou com ela hoje de novo?-Luiza perguntou.
-Não,deixei com Fernando-Lara fez careta-Luan tem ciúmes dele,por isso inventei que estava com a Ashley,e pedi para voltar hoje com desculpa de ajudar ela nos preparativos do casamento amanhã,mas não foi nada disso,não queria causar problemas,ele está tão ocupado com o quarto DVD...
-Tudo bem querida,você fez o certo-Luiza a abraçou
-Bom,vamos indo,espero sua visita,filha-Alertou o pai.
Lara se despediu deles,e voltou para o quintal dos Santana,recebendo em seguida uma ligação de Ashley.
-Lara?-Ela disse eufórica
-O que foi?-Perguntou ela,curiosa.
-Eu estava tentando arrumar um padrinho para entrar na igreja com você-Ela podia imaginar a amiga mordendo os lábios-Bom,eu achei que não existiria alguém melhor que o Luan para isso,de qualquer modo,a irmã dele foi uma fofa,e ainda está sendo me ajudando com os preparativos,e ele também deu uma forcinha,além disso,vocês são um casal bonito...
-Não sei não Ash,ele é todo compromissado e...
Quem é?-Luan perguntou abraçando a namorada por trás,Lara sussurrou um "Ash" para ele.
-Ha vamos Lara,um dia,ele pode muito bem reservar na agenda,anda,fale com ele agorinha!
Lara suspirou e virou para o namorado.
-Ela quer saber,se você quer ser o padrinho de casamento.
Luan abriu um sorriso.
-É claro que sim!Diga a ela que aceito!
Ashley gritou de empolgação,quase deixando Lara surda,e logo elas desligaram.
-Vamos ter que caçar um smoking pra você-Disse Lara sorrindo
-Mal posso esperar para ver o que a Senhorita irá escolher-Luan disse sorrindo,logo beijando a garota com ternura.



0 Capítulo 15


-Ai como você está saudável!-Lara deu um beijo em Sam,que já balançava o rabo para ela feliz em reencontrar a dona.
-Ele está muito bem por sinal,agora só precisamos trocar o curativo da pata dele,por sete dias,acredito,e aí os pontos ficarão cicatrizados-Fernando disse
-Obrigada,não sei o que seria de mim sem sua ajuda-Lara abraçou Fernando,que se surpreendeu com o gesto da menina.
-Não tem que agradecer,aprendi tudo com você Lara-Ele sorriu-Só não entendo...você poderia operar o Sam...
-Não-O olhar de Lara ficou vago-Eu não me sentia muito bem naquele dia...-Era verdade,porém ela estava emitindo o real motivo de não ter cuidado de Sam.
-Tudo bem,bom,vou indo,parece que temos muito o que fazer hoje,com sua volta,temos milhares de clientes para atender.
Lara sorriu.
-Tudo bem-Ela pegou Sam no colo-Vamos ao trabalho!-Disse animada.
Lara colocou Sam em uma caminha no seu escritório,e começou a atender o público,que estava super animado com seu retorno,mesmo que ela tenha ficado somente uma semana afastada,isso já fazia uma diferença enorme,pois Lara era uma veterinária bem requisitava no bairro onde trabalhava.

-Luan,você tem certeza disso?Sabe,a Jade...
-A Jade é outra história Testa,foi precipitado assumir o namoro com ela,eu sei,e com a Lara,pode estar sendo igual nessa parte,mas ela é diferente-Disse ele sorrindo bobo
-E como ela vai acompanhá-lo nos shows?Luan,você disse que queria alguém que estivesse ali quando você precisasse,e ela é veterinária,trabalha praticamente vinte e quatro horas por dia-Insistiu o Rober
-Tenho certeza que quando eu precisar,ela vai estar ali,agora vamos,quero dar logo as entrevistas-Luan disse convicto.
Eles então seguiram para a sala onde ocorreria a coletiva de empresa.

-Luan,parece que você está com um projeto com a música "Cê topa",o que você pode nos adiantar?-Uma repórter perguntou no fundo.
-Bom,depois de "Tudo que você quiser" estorou nas rádios,e com o lançamento do DVD,começamos a trabalhar com outras músicas,e essa é uma das chicletes-Ele riu-O que eu posso adiantar para vocês,é que fizemos um clip diante de uma causa que poucas pessoas dão importância,e é só,não posso falar muito ou estrago a surpresa,a estréia do clip é essa semana ainda-Revelou
-Luan,agora você está com um novo visual,de barba,o que suas fãs estão achando disso?-Outro repórter fez a pergunta.
-Então,é sempre bom mudar né?E creio que elas estão gostando,até agora nenhuma reclamou não-Gargalhou ele.
-E o coração,como anda?-Iris Stefanelli perguntou sorrindo
-Ele anda bem-Luan riu fazendo suspense
-Só isso?Queremos mais detalhes,ainda continua solteiro?Você foi flagrado com uma morena essa semana em um show!-Insistiu
-Então,eu comecei a namorar,na verdade,tem alguns dias somente.
O burburinho entre os repórteres começaram,por essa eles não esperavam.
-E qual o nome da sortuda dessa vez?-Ele ouviu alguém perguntar
-Lara-Disse com um sorriso no rosto.
A coletiva continuou,Luan falou um pouco mais sobre seu trabalho,e depois,finalmente foi para casa rever a família.

-Eu não acredito que você esqueceu!-Ashley reclamava,sua voz subindo duas oitavas.
-Me desculpe,você sabe,com o Sam em recuperação,e os eventos beneficentes...
-Corta essa Lara,você está assim por conta do Luan!-Lara podia sentir a amiga revirando os olhos.
-Me desculpe,olha,eu posso pedir a Lily para cuidar do consultório hoje com o Fernando,e podemos procurar meu vestido de madrinha,o que acha?-Propôs
-Sério?Tipo,hoje?-Ashley se animou novamente,era fácil agradar a amiga patricinha.
-Sim,sim-Concordou Lara
-Passo aí em alguns minutos,é bom que não me faça esperar!-Ashley finalizou a ligação,sem nem ao menos esperar a resposta de Lara.
De última hora,Ashley conseguiu marcar com seu estilista uma visita,e então,finalmente,Lara pôde escolher seu vestido.
-É lindo!-Ashley disse encantada.
-Garanto que não é mais que o seu-Lara riu
-Nisso tenho que concordar!
Elas seguiram para um lanche na Starbucks,e depois foram para casa,ou melhor,Lara foi para casa preocupada em deixar Sam sozinho,Ashley ficou fazendo hora no shopping.
Assim que chegou,seu telefone tocou,ela sorriu,sem nem ao menos se preocupar em ver quem era,esperando por ele,ansiosa para ouvir aquela voz que a acalmava.
-Alô?-Perguntou a garota sorrindo,Sam ronronou ao sentar debaixo dos pés de Lara,que começou a alisar seus pêlos.
-Ô meu amor,só liguei para saber como você está,depois de hoje...?-Luan perguntou,sua voz era animada.
-Depois de quê?-Ela perguntou confusa
-Anunciar nosso namoro,ué-Ele respondeu,não entendendo o motivo de Lara não saber de nada.
-Não sabia Rafael,estive com a Ashley,ela queria que eu escolhesse o vestido de madrinha e tudo mais,acabei de chegar em casa,e o consultório estava uma bagunça...
-Oh!-Respirou ele aliviado-Tudo bem então,assista ao TV Fama,tenho certeza que vão falar alguma coisa-Ele soltou um risinho.
-Tudo bem-Ela bocejou
-Ou talvez você deva ir dormir,parece exausta.
-Vou cuidar do Sam e descansar,mas antes prometo ver as notícias na internet,está no local do show já?-Ela quis sabe
-Sim,amor,tenho que desligar,vou subir no palco-Disse ele carinhoso-Não durma tarde!-Ordenou,fazendo a garota soltar um risinho,ele era tão preocupado e exagerado as vezes...
-Tudo bem,tenha um bom show!
Ela desligou,cuidou dos curativos de Sam,e depois pegou o notebook,correndo a procura de notícias na internet.
Estava lá,na primeira página da revista CARAS a matéria,com o título : "Luan Santana está namorando,e não é com Jade Magalhães".
A manchete a irritou um pouco.
Porquê ele voltaria com a ex?
Ela revirou os olhos,ao pensar nisso,e sorriu,ao ver um vídeo de Luan respondendo as perguntas sobre o namoro,acabou adormecendo em cima do notebook,sem perceber,sorrindo feito uma boba.

Não deixem de ler também a fanfic "Será que é amor" e não se esqueçam de comentar sobre o que estão achando da nossa fanfic.
Nos acompanhe também no Facebook  , Twitter Tumblr 

0 Capítulo 14

-Espero que não faça minha filha sofrer-Alexandre alertou
-Pai!-Lara revirou os olhos,mas sorriu para o pai.
-Não,de jeito nenhum quero fazê-la sofrer Senhor.
-Sem formalidades-Alexandre sorriu.
-Fico feliz que tenham finalmente se acertado-Luíza disse
-Finalmente?-Luan perguntou sem entender
-Sempre achei que vocês tinham uma química-A mãe de Lara disse sorrindo.
Luan retribuiu o sorrindo,e segurou Lara pela cintura.
-Bom,se nos dão licença,agora a Larinha vai pro show comigo.
-Tudo bem,cuide bem da minha filha Luan!
-Claro.
-Tchau pai!-Lara deu um beijo nos pais e seguiu Luan para o show.

Após o show,rolou uma pequena coletiva de imprensa,e Lara ficou somente observando Luan,enquanto ele dava entrevista e posava para algumas fotos.
Ela sorriu,vendo o quanto ele era bom em tudo aquilo,e desejando ser um pouco melhor em público,pois todas as vezes que ficava em frente á câmeras,ou diante de um público,achava que ia vomitar,ou perdia as palavras.
Luan segurou a cintura de Lara enquanto caminhavam para fora do Citibanck hall,indo em direção a van que deixaria os dois na casa de Lara.
Ao chegar perto do estacionamento,as fãs começaram a gritar ao ver o ídolo,e algumas gritaram o nome de Lara,mas eles ainda não haviam anunciado o namoro publicamente,pois Lara ainda não se sentia pronta para isso,ao contrário de Luan,que sabia bem que era ela quem ele queria para sempre,Lara tinha medo do namoro entre eles acabar em tragédia,por isso pediu um tempo para assimiliar tudo o que estavam vivendo agora,e ele,como um perfeito cavalheiro,respeitou a decisão dela.
Lara ficou perto de uma das grades lotada de fãs,enquanto Luan as satisfaziam com uma foto,um 'oi',e até autógrafos.
-Hey,Lara!-Ela se virou olhando para uma fã que estava encostada na grade-Vocês estão mesmo namorando?-Perguntou a garota,com os olhos brilhando.
-Somos bons amigos-Ela respondeu sorrindo
-Sei...-A fã respondeu desconfiada-Se quer uma dica,tenho certeza que vocês se dariam bem,é só ver o jeito como ele te olha,e o brilho nos olhos dele toda vez que fala de você-Ela piscou.
Lara queria contar seu medo para a menina,o medo de perdê-lo,de ser somente mais uma em sua vida,e no final,ela sair machucada,mas preferiu ficar quieta.
-Obrigada pela dica-Lara piscou,e viu Luan se aproximar delas,então a fã pediu uma foto com Luan,e ele tirou de bom grado,depois Círilo,como Luan chamava o segurança,arrastou eles para dentro da van.
Luan puxou a garota para seu peito,e começou a brincar com seus cabelos.
-O que estava falando com minha fã?-Ele perguntou,parecendo enciumado
-Nada-Lara sorriu para ele-Ela só estava me dizendo,o quanto você é incrível-Mentiu
-Sou mesmo né?-Luan disse se gabando,e recebendo um tapa da namorada-Ai!-Reclamou.
-Não fica se achando!-Ela riu.
Eles então passaram o resto do trajeto agarrados,até chegarem na casa de Lara,que nos últimos dias,parecia casa de Luan também,pois mesmo tendo shows em São Paulo,na maior parte das vezes,ele sempre dava um jeito de ir para a casa da garota,mesma ela insistindo que pegar a estrada a noite era perigoso,ele não se importava,para ele,estar com ela era mais importando do que tudo,pois ele queria recompensar o tempo perdido,o tempo em que foi um idiota e não percebeu que Lara era apaixonado por ele.Ele queria recuperar o tempo que ficou com Marcela,enquanto podia ter amado Lara.Ele queria ter perdido todo o tempo em quê namorou várias mulheres,ou pegou algumas em baladas,só para amar aquela garota de olhos cor de chocolate e cabelos louros escuros.

-Hum,já pode casar ein?-Luan debochou
-Idiota!-Lara riu ao lhe dar um tapa-Tá bom mesmo?-Ela perguntou desconfiada.
-Sim,só não está melhor que o macarrão da minha mãe,mas com certeza,está muito melhor que as gororobas da Bruna-Ele gargalhou
-Deixa minha cunhada ficar sabendo disso-Lara ameaçou
-Ela não cozinha tão mal assim,mas tem umas coisas que nem o Puf engole-Luan disse rindo-Lembrei de uma coisa que eu sempre quis fazer...-Ele olhou travesso
-É,e o quê seria?-Lara perguntou rindo ,desconfiada.
Luan pôs um macarrão na boca,e deixou outra ponta,ele prendeu o macarrão em seus lábios;
-Pega a outra ponta,como a Dama e o Vagabundo-Ele disse segurando o macarrão com os lábios e rindo.
-Isso é nojento Rafael-Lara gargalhou
-Anda,pega logo!-Ordenou ele impaciente.
Ela fez o quê ele pediu.
-Pronta?-Perguntou
Ela assentiu,e os dois chuparam o macarrão ao mesmo tempo,colando os lábios um do outro logo em seguinda,em uma espécie de selinhos.
Lara riu depois de engolir seu macarrão.
-Tinha esquecido o como você é infantil as vezes-Ela pegou a louça,e Luan veio logo atrás.
-Eu lavo e você seca?-Perguntou ele
-Tudo bem-Ela sorriu,e começou a secar a louça,até sentir algo molhando-a -Luan!-Ela reclamou
-Opa!-Ele riu,olhando a blusa branca de Lara molhada.
-Isso não tem graça!-Reclamou ela,e sem ele perceber,ela pegou um pouco de água na pia e atirou nele.
-Hey!-Reclamou enquanto a garota gargalhava,e lhe atirou mais água,até eles começarem uma mini guerra,e os dois ficarem encharcados.
-Droga,olha só,a cozinha agora está toda molhada,por culpa sua!-Lara reclamou,olhando para ele séria,mas logo lançando um sorriso.
Luan se aproximou,pegando a garota pela cintura e lhe apertando contra seu peito.
-Olha só pra você,toda molhada,vai precisar tirar essa roupa,ou pode pegar um resfriado-Ele sussurrou,sua voz agora um pouco rouca no ouvido da garota.
Lara se arrepiou completamente e mordeu os lábios.
-É?E se eu não quiser tirar?-Ela olhou para ele sorrindo travessa.
-Vou ter que obrigá-la então-Ele disse sério,porém sua voz tinha um tom sedutor,e inesperadamente,ele começou a beijar o pescoço de Lara.
Lara gemeu quando Luan passou a língua em sua pele quente.Ele desceu o beijo para o colo da garota,roçando sua barba na pele sensível da menina,fazendo-a se arrepiar ainda mais,depois subiu o beijo para o pescoço novamente,passando para o queixo e chegando na boca.
Lara agarrou os cabelos de Luan,emaranhando-os com os dedos,e fazendo com quê o beijo ficasse mais selvagem.
-Você está me deixando louco-Ele disse entre o beijo,e Lara puxou os lábios inferiores dele com os dentes,o deixando ainda mais exitado.
Luan então,tirou as mãos que estavam segurando a cintura da menina,e pegou a barra da camisa,agora encharcada,de Lara,fazendo-a tirar a mesma,e separando os lábios dos dois,só para isso.
Os beijos de Lara eram doces,mesmo ainda tendo um pouco do gosto do jantar.Eram macios,delicados e ferozes ao mesmo tempo.
Ele desceu o beijo novamente,indo para os seios da garota,e abrindo o fecho do sutian com os dentes.
Luan,beijou ali,bem no meio dos dois seios da menina que soltou um gemido de prazer.
Entre beijos e carícias,eles foram para o quarto de Lara.
Lara puxou a camisa de Luan,e alisou o peitoral,liso,porém definido dele,arranhando-o um pouco,fazendo ele gemer entre o beijo.
Em poucos segundos,eles estavam na cama,fazendo amor sem se preocuparem com nada além de toques,carícias e beijos quentes.

-Eu te amo-Disse ele,seu olhar era escuro,perdido em tamanha paixão,e suas palavras eram sinceras,porém Lara ainda não se sentia pronta para responder aquelas três palavras,não do modo que ele esperava.
Ela ficou muda debaixo dele,e desviou o olhar por alguns segundos,depois puxou a nuca de Luan,e colou os lábios dos dois em um beijo rápido,até ele suspirar.
-Você deve estar achando que estamos indo rápido de mais não é?-Perguntou ele
Lara apenas assentiu.
-Desc...-Ela pôs o dedo indicador nos lábios de Luan.
-Não tem que se desculpar,só estou...com medo-Confessou.
-Eu sei,vou fazê-la mudar de ideia-Garantiu
-Espero que sim-Ela respondeu com um sorriso-E bom,estou pronta para arriscar
-Arriscar?-Perguntou ele confuso
-Sim,anunciar para suas fãs,a mídia e tudo mais.Não queria um monte de paparazzis atrás de mim quando estivéssemos juntos,mas acho que se realmente tudo isso for valer a pena,vou ter que me acostumar.
Luan abriu um largo sorriso,e beijou ela novamente.
-Essa é a melhor notícia de todas.
Ele levantou,indo até o banheiro para jogar a camisinha fora,colocou uma das cuecas que Lara havia comprado para ele,e jogou uma camisa para a garota,depois eles dormiram ali,abraçados de conchinha,felizes.

Não deixem de ler também a fanfic "Será que é amor" e não se esqueçam de comentar sobre o que estão achando da nossa fanfic.
Nos acompanhe também no Facebook  , Twitter e Tumblr 

2 Capítulo 13

Lara gelou ao ouvir o som daquela voz.
Ela virou para o lado,e limpou as lágrimas com as mãos.
-O que faz aqui?-Perguntou,torcendo para que ele não notasse seu tom de voz falhado.
-Eu é que tenho que perguntar : O que você faz aqui?-Luan parecia confuso,e se ela estivesse no lugar dele,também pensaria isso de si mesma.
Lara fungou.
-Eu...precisava pensar-Finalmente ela olhou para ele,no mesmo momento em quê um trovão quase a assustou com o som.
Luan se aproximou,mas não chegou a tocá-la.
-Aconteceu alguma coisa?-Ele passou as mãos no cabelo.
Lara assentiu.
-Tá tudo bem Luan,acho melhor você voltar para o evento,vão sentir sua falta...
-Você não vem?-Ele perguntou,suas sobrancelhas se unindo.
-Não,vou pra casa-Ela encarou a outra parede,desviando o olhar dele,por fim,respirou fundo,pegou o Scarpin que havia deixado no chão e começou a andar.
-Lara...-Luan começou,mas ela não ousou olhar para trás-O quê eu te fiz?-Ele perguntou.
O trovão dessa vez foi mais forte,e alguns pingos d'água começaram a cair do céu.
-Nada!-Ela o encarou-Você não fez nada,a culpa é toda minha!-Lara bateu em seu peito com a mão livre.
-Sua?Do quê estamos falando afinal?
Ela revirou os olhos.
-Tá vendo?Você nem ao menos percebe!O pior,é que desde o começo eu sabia que isso ia acontecer,mas ao invés de seguir minha consciência,comecei a ceder sua vontade de estar sempre por perto,e olha no que deu,eu me ferrei de novo!
-O quê você tá dizendo...?-Luan se aproximou,sem entender do quê a garota falando,e adotando a possibilidade dela estar bêbada.
Lara riu.
-Será que você é mais lerdo do que pensei Luan?Que droga!O que estou querendo dizer,é que eu estou louca por você,quando na verdade,deveria pensar somente em você como amigo,um velho amigo,que ficou com a Marcela no passado,a minha ex melhor amiga!-Lara riu ironicamente,e dessa vez a chuva realmente tomou conta,caindo como agulhas afiadas sobre eles. -Acho melhor eu ir,bom,não me procure mais tá?Eu não quero me sentir sem jeito toda vez que olhar para você...-Novamente ela começou a andar,mas dessa vez,Luan tomou atitude,e a pegou violentamente pelo pulso.
-Não comece a falar besteira Lara Fernandes!Que droga!-Ela olhou para ele assustada-Agora quem vai me ouvir é você!
Ele soltou o pulso dela,e respirou fundo.
-Eu posso ter errado uma vez,mas não vou deixar você me escapar novamente.Eu te amo,porra,como eu te amo!
Lara arregalou os olhos,tanto,que quase saltaram de suas órbitas,e então,antes que pudesse responder,Luan a puxou para um beijou selvagem e cheio de paixão.
Eles se separaram um pouco para recuperar o fôlego,e depois voltaram a colar lábios com lábios,por longos minutos.
-Eu queria ter feito isso de outra forma,uma mais especial,mas sempre me perguntei se você sentia a mesma coisa por mim,por isso nunca toquei no assunto,então,me perdoe se esse pedido de namoro for o mais brega que você já teve-Luan se ajoelhou-Quer namorar comigo?-Ele perguntou.
Seu topeto agora totalmente desmanchado por contra da chuva,e sua roupa encharcada.
-Sim!-Lara sorriu,suas lágrimas se misturando com as gotas de água que caíam do céu.
-É o mais brega pedido de namoro que você vai receber,e o último-Luan riu,antes de colar os lábios novamente nos de Lara.
Os lábios deles se encaixavam perfeitamente,como se tivessem sido feitos um para o outro.Suas línguas dançavam em perfeita sincronia,como se o mundo fosse acabar a qualquer instante.
Sem fôlego os dois se soltaram,e Luan encostou a testa na de Lara,ainda de olhos fechados,sorrindo.
-Luan,odeio estragar esse momento,mas,como vamos voltar pro salão?Estamos ensopados-Lara soltou um risinho.
-Não vamos voltar,posso mandar minha equipe entrar em contato depois,então chamamos um táxi,e eu mando o motorista levar o segurança e o Rober...
-Tudo bem-Lara sorriu-Vou caçar um táxi...
-De jeito nenhum!Eu ligo pra um,e digo onde estamos-Disse ele apertando a menina pela cintura e pegando o celular-Ainda bem que coloquei capa a prova d'água no Iphone-Ele riu,depois ligou pedindo um táxi.


-Acho que vou dormir nu-Luan disse rindo
Lara olhou para ele incrédula,seus olhos quase saltaram das órbitas com o choque,fazendo Luan gargalhar.
-Não se preocupe,vou no shopping comprar alguma coisa pra você-Ela piscou
-Ótimo,pensei que estava adquirindo a hipótese de eu dormir com uma de suas calcinhas-Luan disse,tirando o terno ensopado.
-Não seria má ideia-Lara olhou para ele prendendo a risada,e dessa vez foi ele quem arregalou os olhos-Estou brincando-Ela se virou de costas para ele-Me ajuda com o fecho?-Pediu
Luan se aproximou e desceu o fecho do vestido de Lara,não resistindo a exposição daquela pele macia,ele a puxou para si,e beijou seu pescoço.
Lara segurava o vestido,para que ele não caísse,e quase perdeu o controle.
-Luan!-Ela reclamou.
-Desculpe-Ele riu,se afastando da garota.
-Vou trocar de roupa e passar no shopping,te trazer alguma coisa,quer algo em especial?-Ela perguntou.
-Não,o que você escolher está ótimo-Ele lhe deu um beijo na bochecha,e ela foi para o quarto,voltando com um roupão e atirando para ele-Veste isso por enquanto.
-Pensei em ficar nu...
Lara revirou os olhos.
-Para de ser pervertido!-Ela riu,e foi para o banheiro se jogar em uma ducha quente.
Depois de vestir jeans e um moletom,calçou seu All Star,e foi para o shopping caçar roupas para Luan.
Ele havia insistido em lhe dar dinheiro,mas ela recusou dizendo que ele já havia feito muito aquela semana.
Lara comprou duas blusas,uma preta com um desenho de um dragão nas costas,e uma vermelha,pois ela adorava ver Luan de vermelho,realçava a pele branca dele,deixando ele mais sexy.
Ela riu com o pensamento,e então pegou duas calças jeans,no tamanho que torceu para ser o dele,com aquele bundão que ele tinha,era difícil saber se iria caber.
Depois pegou um tênis preto,um conjunto de cuecas box Calvin Klein,uma toca laranja,um boné do Super Man,ela sabia que Luan curtia essas coisas de super heróis,e por último,comprou um Ray Ban preto,depois decidiu que era hora de voltar e aproveitar a noite livre,finalmente,ao lado do seu amor de infância,que ela nunca imaginou que seria um dia dela.
-Finalmente,achei que ia passar a noite no shopping!-Luan reclamou quando viu a menina entrar.
Ela rolou os olhos e disse: -Exagerado.
Lara jogou as sacolas no sofá.
-Espero que sirvam,dá uma olhada.
Luan sorriu para ela e foi revirar as sacolas.
-Como você adivinhou o número que eu calço?-Ele perguntou incrédulo
-Sabíamos tudo um do outro quando éramos adolescente,pensei que fosse o mesmo número...
-Nossa,você acertou-Ele riu-E olha só cara,um boné!
-Gostou?-Lara se jogou no sofá sorrindo.
-Amei!-Ele lhe beijou os lábios-Vou tomar um banho agora e por essas cuecas novas-Ele disse bobo-Acho que vão ficar apertadas,o Luan Jr é grande sabe...
-Luan Jr?-Lara perguntou gargalhando
-As negas que deram nome a ele,não tenho culpa-Ele riu.
-É cada uma viu?Anda vai tomar banho,quero assistir um filme e comer pipoca!
-Opa,filminho com minha namorada!-Luan foi sorridente para o banho então,e voltou poucos minutos depois.

Luan deixou Lara escolher um filme,então ela pôs o DVD de "Diário de uma paixão",pegou a pipoca feita no microondas,e uma manta bege aveludada,e se junto ao Luan no sofá.
Eles comeram toda a pipoca,brincaram de quem conseguia pegar a pipoca no ar com a boca um pouco antes,e depois,se concentraram no filme,assistindo o mesmo abraçados.
-Quero que nosso amor seja assim,que mesmo que você fique velinha e se esqueça quem eu sou,eu esteja ali,lutando por você-Luan sussurrou quando o filme estava quase acabando.
Lara olhou para Luan,que parecia perdido em pensamentos.
-Você,acredita nisso,no amor eterno?-Ela perguntou,fazendo com quê ele olhasse para ela,que estava deitada em seu colo.
-Você não?-Ele ergueu as sobrancelhas.
Ela suspirou.
-Não mais.-Confessou
Ele começou a alisar o rosto dela.
-Sei que você foi magoada,inclusive por mim no passado,mas vou fazer você voltar a acreditar no amor,no nosso amor Lara.Eu tenho certeza que todas as decepções que tivemos no passado,foi para estarmos juntos hoje,e aprendermos a amar quem realmente nos quer bem-Ele sorriu-E sim,eu acredito no amor eterno.Eu quero estar com minha esposa velinha ao meu lado e os nossos netos ouvindo nossas histórias,quero correr com nossos filhos em um gramado depois de um piquenique. Quero me aventurar e viajar por aí com a mulher que amo.
Lara se emocionou ouvindo aquilo,e se levantou para beijá-lo.
-Espero que eu seja essa mulher-Ela sussurrou.
-Você já é-Ele prometeu,selando a promessa um um beijo,e assim foi a noite deles.

0 Capítulo 12

-Têm certeza,eu sempre faço isso com sua ajuda...-Fernando olhou para Lara meio sem ter certeza do quê iria fazer.
-Confio em você,agora anda,leva ele pra sala de cirurgia-Ela ordenou,e viu seu estagiário levar seu pequeno amigo peludo para a sala de cirurgia,e só então ela sentiu uma pontada forte no peito,mas ignorou,olhando para Luan,e depois para Bruna,e de Bruna para Luan,e então a pontada voltou com uma força absuluta,e ela nem percebeu que seus olhos começaram a pesar ao soltar um gemido de dor.

Luan a segurou contra seu peito,e soube exatamente o quê estava acontecendo.
-Bruna,pega o celular da Lara e procura pelo nome de Alexandre,ou Luíza,são os pais dela-Ele ordenou e a irmã fez rapidamente o quê ele pediu-Coloca no viva voz-Disse.
Bruna achou rapidamente o nome do pai de Lara na lista de contatos,era o primeiro nome para dizer a verdade,ela apertou o botão,e no segundo toque,alguém falou com a voz meio cansada um "alô".
-Alexandre Fernandes?-Luan perguntou
-Sim...sou eu,o quê está fazendo com o celular da minha filha?-O homem do outro lado da linha pareceu despertar de um sono profundo.
-Olha,é muita coisa para explicar,mas preciso saber sobre o tratamento de Lara,aquela coisa de arritmia cardíaca,bom,ela está tendo uma agora e...
-Deite ela em algum lugar,mantenha os pés em algum lugar alto e a cabeça baixa,isso sempre ajuda,ela geralmente não tem mais esses sintomas,a não ser que algo a aborreça muito...-Ele disse preocupado.
-Um minuto-Luan disse,e pegou a garota no colo,colocando-a no sofá da recepção-Bruna,pega uma almofada,alguma coisa-Disse desesperado,e logo,pegando umas almofadas que a irmã havia achado ali,e colocando debaixo dos pés da garota,que ainda respirava com dificuldade-Feito-Ele disse para o pai de Lara no viva voz.
-Ela está dormindo...?-Perguntou Alexandre.
-Sim...-Luan não diria bem dormindo
-As vezes ela desmaia sem perceber,mas é como se seu corpo fizesse isso para aliviar a dor,bom,tem um calmante que sempre anda com ela na bolsa,dê a ela quando acordar e dois copos d'água bem gelados,estou indo aí para checar,onde...?
-No Pet shop dela-Luan informou.
-Chego em alguns minutos-disse Alexandre antes de desligar a ligação.

Lara abriu os olhos,e não estava mais em seu escritório,ao invés disso,estava em seu apartamento,exatamente em seu quarto,e por um minuto,ela desejou que aquele sonho ruim jamais acontecesse,e então,seguiu em direção a cozinha,parando na sala quando deu de cara com seu pai,Luan e Bruna,analisando-a,preocupados,e então,ela se deu conta de quê não foi apenas um pesadelo,foi tudo uma realidade.
-O Sam está bem,Fernando ligou agorinha,ele levou uma bala na pata direita traseira,aquela que já estava um pouco machucada,mas está bem-Luan a tranquilizou.
Lara respirou,sentindo o alívio pela primeira vez naquele dia cheio.
-Filha!-Alexandre levantou e a abraçou fortemente-Fiquei preocupado-Ele sussurrou em seu ouvido.
Lara o apertou fortemente,e desabou em lágrimas.
-O Ryan,ele...ele...-Gaguejou ela,sem forças para falar sobre o ocorrido.
-Shiu,já sei de tudo,está tudo bem-Lhe tranquilizou o pai-Sempre achei essa ideia de você morar sozinha ruim-Ele olhou para a filha preocupado.
-Eu só estava no lugar errado,na hora errada,cheguei mais cedo para checar as coisas do evento beneficente das crianças,e aí,aquele cretino apareceu,se não fosse o Luan e a Bruna...-Ela olhou para os amigos agradecida.
-Bom,vamos esquecer isso-Bruna sorriu para ela.
-Eu preciso ir para o plantão no hospital,mas volto para ver como está,tome os comprimidos e descanse-Ordenou o pai.
Ela concordou e se despediu dele com um beijo na bochecha,depois se virou para seus amigos.
-Adoraria uma pizza,mas será que seria pedir muito comida caseira?-Ela fez carinha de pidona.
-De jeito nenhum,eu vou trazer algumas coisa da rua enquanto o Luan cuida de você,quer algo em especial?-Bruna perguntou
-Não,o que você escolher está bom Bruna-Lara sorriu agradecida-Leva o celular,e não demora-Ela disse preocupada-Ha,tem a D.Elizabete,há duas ruas daqui,ela trabalha com esse lance de quentinhas,são uma delícia,caso fique sem rumo-Lara disse.
-Tudo bem,volto já-Bruna saiu
-Não sei o que faria se não fosse....
-Chega de falar nisso-Luan abriu os braços para abraçá-la-Está tudo bem agora-Ele ligou a TV,e então,depois de dar os calmantes a menina,ficou lhe fazendo um cafuné,até sua irmã chegar com as quentinhas.
Eles comeram,conversando assuntos aleatórios,até Lara cair no sono novamente.

-Que desgraçado!-Lucas falava-Ainda bem que ele está atrás das grades agora,ou eu mesmo o mataria!-ele abraçou a amiga-Graças a Deus não aconteceu nada com você.
Ela sorriu.
-Graças ao Luan.
Lucas revirou os olhos.
-Então,já decidi o estilista-Ashley anunciou-Bom,vamos amanhã ver o vestido e seu smoking-Disse animada.
-Ash,desculpe,mas o Luan me chamou para ir a um evento com ele amanhã-Lara disse sem jeito-Vá com a Bruna,eu escolho meu vestido depois-Lara se desculpou com a amiga.
-Mas aí você não vê o meu vestido de noiva?-Ela fez beicinho.
-Você é uma garota cheia de atitude,jamais aceitaria minha opinião sobre o seu vestido,além disso,vou gostar de me surpreender com ele.
-Tudo bem-Ela concordou-Então divirta-se com o Sr.cantor-Ela piscou
Lara revirou os olhos,sabia bem que Ash estava pensando que eles estavam se pegando.
-Vou levá-la em casa-Lucas anunciou
-Bru,vai ficar aqui mesmo então?-Lara perguntou pela última vez.
-Sim,nos vemos na sexta-Ela piscou,e voltou a conversar com Ashley sobre os vestidos,então,Lucas segurou a cintura de Lara,e foi a conduzindo para o carro.

Por conta do susto,Lara resolveu reforçar a segurança,contratando uma equipe para instalar câmeras de seguranças,e por sorte,ou não,Luan fez questão de lhe fornecer um segurança exclusivo,pelo menos para a loja da garota.

Depois de ter feito sua maquiagem,um uma base para dar uma cobertura ao seu rosto liso,uma sombra esfumada marrom com um delineado gatinho, e muito rímel,dando destaque ao seu olhar e uma boca rosa,aumentando um pouco mais seus lábios carnudos,Lara pôs seu vestido,um pouco curto,o que fazia com que suas pernas ficassem a mostra.


                                                                 (Vestido da Lara)

As pedras que subiam de sua cintura,chamavam atenção aos seus seios,mas nada muito vulgar.
Após se olhar no espelho,e concluir que seu coque estava no lugar,a campainha tocou.
Ela correu até a porta,respirou fundo,e abriu.
-Wou!-Luan exclamou assim que a viu,depois a abraçou-Que saudades!Lhe deu um beijo no rosto.
-Entra aí,vou colocar o Scarpin,quer alguma coisa?-Lara perguntou nervosa.
-Não-Luan queria sim,queria ela,mas não poderia dizer isso,afinal,eram apenas amigos,não é?
-Ok,vou por o Scarpin,e já venho.
Lara demorou alguns minutos,e por fim,eles foram para a van que os esperava.
-Você não precisava fazer isso por mim,já contratou segurança pra loja,ajudou no abrigo dos animais...
-Larinha-Luan a fez encará-lo -Eu sempre vou te ajudar,porque sempre faço isso com as pessoas que amo-Ele deu um beijo na testa da garota,que sorriu.
-Só acho que você é exagerado as vezes-Ela riu sem jeito.
-Não sou exagerado,só cuido de quem eu amo.
Lara engoliu em seco,desejando que ele a amasse um pouco mais,para serem muito mais que amigos,porém,ela resolveu permanecer calada pelo resto do trajeto.

Ao chegarem no evento juntos,flashs de câmeras dispararam em cima dos dois,e era meio difícil dizer que os dois não tinham algo além da amizade,quando haviam acabado de descer de uma van juntos.
Luan respondeu algumas perguntas aos paparazzis e repórteres curiosos que sempre o perseguiam,e depois,seguiu para dentro do local onde seria realizado o evento,colocando uma de suas mãos na cintura de Lara.
-Vou ao banheiro,volto em dois minutos-Lara anunciou
-Tudo bem,vou ficar aqui.
Lara seguiu para o banheiro,estava nervosa,nunca sentiu tantos olhares sobre si,nem mesmo quando esteve em um evento grande com seu pai em Londres.
Ela se olhou no espelho e checou a maquiagem,depois analisou seu vestido,tudo O.K. Por fim,resolveu que era hora de sair.
Procurou Luan pelo salão,não conseguiu achá-lo no local onde o havia 'deixado',então começou a andar sem rumo procurando por ele.Pegou uma taça de champanhe,e quando por fim bateu os olhos no cara alto,com uma barba recente e um topete enorme,teve vontade de não estar ali.
É claro que Luan paquerava,assim como ela,e Lara quis entender a raiva que estava sentindo naquele momento por vê-lo conversando com Nicole Bahls,e olhando (não muito discretamente),para o decote da mulher,mas Lara não entendia,então por fim,ela decidiu que era melhor deixar os dois continuarem a conversa,e saiu do salão,passando pelas enormes portas de vidro,e indo para o jardim.
Ela bebeu toda a taça de champanhe de uma vez só,e desejou algo um pouco mais amargo e ardente,como o sentimento que enchia seu peito agora.
A doação já deveria estar acontecendo,mas Lara não se importava.Ela respirou fundo,e pegou seu celular em sua Clutch,e mandou uma mensagem para Lily.
"Desculpe,tive que sair mais cedo do evento,será que pode entrar em contato e dizer que iremos depositar o valor na conta deles?
Obrigada."
Respirando fundo,Lara saiu do evento,andando pela rua,ignorando os flashes que vinham das câmeras,e agradecendo mentalmente por existir outras celebridades naquele evento,assim,não perceberiam sua 'fuga' sozinha.
Ao perceber que ainda segurava uma taça,ela a atirou com tudo contra o asfalto,tentando descontar a raiva em alguma coisa,pois naquele momento,era tudo que ela podia fazer,não era?

-Poderíamos marcar de sair,agora que você está morando em São Paulo fica mais fácil-Nicole dizia
-Sim...sim-Luan respondeu meio aéreo
-Tá tudo bem?-Ela perguntou,e pareceu realmente preocupada
-Desculpa Nicole,acho melhor eu ir procurar a Lara...
-Você veio acompanhado?-Ela perguntou incrédula
-Sim...Bom,ela foi ao banheiro e ainda não voltou,vou procurá-la,deve ter se perdido-Ele saiu andando,e sentiu seu segurança atrás-Não,eu vou,você fica!-Ordenou.
Luan começou a andar por todo salão,mas não a encontrou.Perguntou então a uma das garotas que havia acabado de sair do banheiro,mas ela era a única ali.
Luan saiu já em desespero pelo jardim,e nada de achar Lara,por fim,perguntou novamente a algumas pessoas que ali estavam,e responderam que viram uma garota com tal descrição saindo do evento.
Desejando não ser notado,Luan saiu correndo para fora do evento,olhou de relance na portaria,mas ali com certeza,ela não estava ali.
Táxi!Pensa rápido Luan!
Ele saiu andando em busca de um ponto de táxi mais próximo,e olhou de relance para um beco ao lado do salão,sem saída,ela não...
Luan voltou andando para trás rapidamente,e viu uma garota encostada no muro,chorando?
Ele andou até o beco,e novamente pediu a Deus que ninguém o visse ali.
-Lara?!

0 Capítulo 11

-A tia Ashley não cuidou bem de você,foi Sam?-Lara fazia voz fofa
-Nem começa Lara,eu cuidei muito bem dele,e o Lucas ajudou,ha olha a pata esquerda de trás dele,o ferimento já está bem cicatrizado.
Lara imediatamente olhou a pata cujo a amiga havia apontado,e realmente estava muito melhor.
-Você tá ficando forte de novo não é Samizinho-Lara beijou o cão,e Ashley fez cara de nojo-A Bruna vem para o Rio te ajudar com os estilistas e tudo mais semana que vem-Ashley deu um gritinho de felicidade-Bom,vou indo,tenho que fazer umas coisas nos escritório que ficaram pendentes...
-Tudo bem,obrigada por...
-Não precisa agradecer Ash-Elas se abraçaram e então Lara foi para o escritório.

Lara entrou com pressa no seu escritório,e nem se deu conta de que alguém a seguia,até se virar quando a porta fez barulho.
-O quê você está fazendo aqui?-Perguntou ela rispidamente.
-Eu disse que queria conversar-Ryan se aproximou dela,e imprensou a menina na mesa de seu escritório,ela imediatamente o empurrou.
-Eu disse que era pra você sumir da minha vida!-Lara escondeu as mãos,que tremiam de nervosismos,medo e ódio.
-Lara-Ele se aproximou novamente,ela tentou se esquivar,mas a sala era pequena,e não tinha mais para onde correr. -Eu quero você de volta-Ele acariciou os rosto de Lara,e a puxou para mais perto.Ela pensou em gritar,porém de quê adiantaria,se tinha vindo mais cedo para o escritório,e seus funcionários ainda não haviam chegado?

Luan queria fazer uma surpresa para sua amiga de infância.Ele estava com sua irmã,indo para o escritório da garota,e assim que chegaram,Sam,o cachorro no qual seu segurança atropelara semanas atrás,e cujo Lara havia lhe mostrado uma foto no celular,latia desesperadamente,e Luan sentiu algo de errado naquele instante,pois sabia que o cachorro de sua amiga não iria latir assim,mesmo ele sendo um estranho,em seu Pet shop.
-Sam,onde está todo mundo garoto?-Luan perguntou,e Sam latiu novamente,parecendo desesperado.
-Será que Lara não o deixou aqui Luan?-Bruna perguntou
-Não,ela é muito apegada para deixá-lo aqui sozinho...-Ele falou,e então percebeu que o pequeno labrador corria em direção a porta do escritório de Lara. -Bruna,fica aqui,eu já volto-Ele seguiu o cão,por fim.

Ele tentou beijá-la então,e Lara conseguiu desviar seu rosto do dele,depois com raiva nos olhos,ela cuspiu em sua cara.
-Sua miserável,acha que está brincando com quem?-Ryan perguntou,apertando seus braços.
-O quê você quer de mim Ryan?Já não basta ter me machucado no passado?-Ela perguntou,tentando esconder toda a dor ele a causara antes.
-Eu já disse,quero você!-Ele se aproximou novamente,e Lara tentou chutá-lo na parte intima,mais ele já previa isso,e conseguiu se esquivar,então segurou a garota com força na mesa,e lhe tirou a jaqueta que vestia,e naquele momento,Lara arregalou os olhos,e pedi a Deus que fosse rápido,e que ela nunca se lembrasse daquele momento.

-Solta ela!-Luan ficou aterrorizado ao ver Lara com a blusa rasgada,e a jaqueta atirada no chão,o cara alto e forte,estava com as mãos em seu corpo definido,e ele teve vontade de matá-lo só por ter ousado tocar sua amiga.
Ryan a soltou,mas se virou com um sorriso ameaçador para Luan.
-Ou o quê?Vai me bater?-Ele abriu mais ainda seu sorriso,e depois tirou o revolver de sua calça,sem perceber,que Lara já havia corrido para fora da sala,Luan rezou para que se algo acontecesse ali,pudesse pelo menos salvar a sua amiga,que ele tanto amara.

-Lara?-Bruna perguntou desesperada.
-Rápido-Ela disse sem fôlego-Corre...daqui!-Disse ao pegar o celular,trêmula,discando o número da polícia.
-O quê...?
Antes que Bruna terminasse a pergunta,houve um som de disparo,e Lara pegou Bruna pela mão,correndo sem saber muito bem para onde ia,até ter a ideia de se trancar no banheiro dos funcionários.
A mulher do outro lado da linha,falava com Lara,mas ela mal prestou atenção.
-Preciso de uma patrulha imediatamente-Ela disse baixo
-Qual o motivo?-A atendente quis saber
-Não importa o motivo,tem um cara armado em meu trabalho,anda logo-Ela então gritou o endereço para a mulher e escutou o choro de Sam-PELO AMOR DE DEUS!-Ela implorou,em desespero e apertou as mãos de Bruna com força.

Luan enfim percebeu que a amiga havia conseguido escapar,e ele não foi o único a perceber isso.
Ryan riu outra vez,e saiu do escritório,indo procurar a garota,mas Luan não deixaria que isso acontecesse,e aproveitou que o indivíduo estava de costas para ele,então pegou seus braços,colocando-os para trás,no mesmo momento em quê conseguiu desarmá-lo,um disparo acertou o cachorrinho de Lara.

Por sorte,a delegacia não era longe dali,e a patrulha chegou silenciosamente.
Lara sentiu o alívio ao ver os policiais entrarem no seu local de trabalho pelo vasculhante do banheiro.
-Preciso ir até eles...
-É perigoso-Bruna alertou
Lara respirou fundo.
-Seu irmão está lá...-Ela disse com um enorme buraco no peito,e então saiu do banheiro,e tomou coragem para ir até os policiais e explicar tudo o que estava acontecendo.
Enquanto um dos tiras ia verificar o local,o outro ia com Lara até o banheiro dos funcionários garantir a segurança dela e da irmã de Luan,Bruna.

-Lara?-Ela escutou a voz do Luan,pelo menos ele não parecia machucado e nada...-LARA,VEM AQUI!-Ele gritou desesperado.
Os tiras já estavam saindo com Ryan algemado,e então ela correu em direção a voz de seu amigo,desesperada,e arregalou os olhos ao ver todo aquele sangue no chão,depois analisou o amigo,mas ele não parecia ferido,e então,ela voltou a olhar pro chão e...
-SAM!-Ela deu um berro desesperado,o cãozinho ainda estava respirando,mas um uma dificuldade-Eu...eu...-Ela começou a chorar sem saber o quê fazer,no momento desesperador.
-Lara,você tem que salvá-lo...-Bruna apareceu do nada
-Eu...-Ela puxou o celular do bolso,e começou a ligar para Fernando,seu estagiário-Fê,preciso de você agora!-Ela tremia-Ótimo,ACELERA ESSA MERDA!-Ela exigiu e deixou o celular cair no chão.-Você vai ficar bem,têm que ficar,aguenta firme amigão-Lara mal percebia os amigos ali,e só chorava em desespero olhando o cãozinho,e por mais que ela fosse uma ótima veterinária,Luan não entendia porquê ela mesma não cuidava de Sam,até perceber que as mãos de Lara estavam trêmulas,e que a garota estava meia pálida,muito mais do quê o normal.

1 Capítulo 10

-O quê aconteceu?-Luan entrou rapidamente na sala,correndo para o sofá onde Lara estava.
-Luan?-Ela limpou as lágrimas rapidamente e olhou na direção dele,percebendo que Amarildo e Marizete estavam logo atrás dele.
-O quê aconteceu?-Perguntou ele novamente.
-Nada,eu estava...estava assistindo um filme com um final épico-Mentiu
-Ah sim,na Globo,exatamente ás 11:45 da manhã,você estava assistindo a um filme?-Luan perguntou debochado.
Lara não o olhou nos olhos.
-Vamos deixá-los sozinhos...-começou Marizete.
-Não precisa-disse Lara-Vou ajudá-la na cozinha-Ela sorriu-Não aceito não como resposta-Advertiu
-Tudo bem,vamos-Marizete concordou.

-Então,vai fazer um peixão?-Lara quis saber
-Sim,pode pegar os limões para mim na geladeira?-Pediu Marizete.
-Claro-Lara fez o que ela havia pedido.
-Lara,eu não quero ser intrometida,mas fiquei preocupada,não quer mesmo contar o que aconteceu?-Ela se virou para pegar os limões na mão de Lara.
-Não foi nada de mais,mesmo Mari,não fique preocupada-Disse ela.
-Tudo bem-Concordou Marizete.
Elas começaram a fazer o almoço então.
-Nossa,almoço já?-Bruna perguntou rindo
-Quem manda dormir até meio dia?-Lara riu
-Desculpe,essa rotina de fazer teatro as vezes acaba comigo,quando você chegou ontem,eu tinha acabado de chegar do teatro-Disse ela
-Tudo bem,bom eu ajudei sua mãe hoje,espero que vocês não reclamem da comida-Lara riu
-Que nada!

De noite,Bruna saiu com o pessoal do teatro,Marizete assistia TV,e Amarildo havia saído para cuidar de algumas coisas no escritório.
Lara havia acabado de sair do banho e se vestir,quando bateram na porta.
-Entra-Disse ela
Luan entrou afobado e se jogou na cama de Bruna.
-Ha,é você-Lara disse desanimada.
-Sim,sou eu-Ele disse sério-E agora você vai me contar o quê aconteceu de manhã,por quê chorava?-Ele perguntou analisando a garota.
-Luan...
-Lara,eu sou seu amigo,quero cuidar de você poxa!-Ele insistiu.
Ela suspirou,e fez um coque em seus cabelos,antes de se sentar perto do amigo na cama.
-Depois de viajar para Londres com meus pais,e antes de começar a faculdade,eu conheci Ryan,era um cara que estudava naquela escola próxima a nossa lembra?-Luan concordou com a cabeça,então Lara continuou: -Então,nós começamos uma relação muito rapidamente,e quando estávamos próximos de completar oito meses de namoro,eu comecei a ter umas complicações de saúde,meu coração acelerava,e eu ficava sem ar.Nenhum exame detectava o quê era,e aí,o Ryan sumiu,sequer ligava para mim,eu vivia procurando por ele,e nunca o encontrava,então,em uma madrugada,a sensação de ficar sem ar me tomou,eu gritei pelos meus pais,e depois disso,tive uma parada cardíaca-Lara fechou os olhos cheios de lágrimas ao se lembrar da cena-Meu pai achou melhor me levar para o hospital depois que conseguiu me reanimar por conta dos aparelhos e tudo mais,e então,eu mandei uma mensagem para o Ryan,pedindo para ele ficar comigo no hospital,o Lucas estava indo para Portugual naquela época,e a única pessoa que eu queria e que podia estar ali,era o Ryan,e aí...-Lara respirou fundo,precisando de fôlego para continuar-Ele me mandou um SMS dizendo que não poderia ir,eu perguntei o motivo,e ele disse que estava ocupado,e então eu contei que precisava dele ali,e tudo que ele me respondeu foi que eu era egoísta e só pensava no que eu queria-Ela fechou os olhos com força,como se tentasse apagar toda aquela dor que a amedrontava-Eu fiquei em observação no hospital,tive que começar a fazer exercícios físicos,e meu pai sempre acordava mais cedo para ir caminhar comigo.Minha mãe ficava em casa cozinhando,fazendo comida separada para mim,e a escola me liberou alguns dias em casa,então,quando finalmente voltei,encontrei o Ryan-Lara olhou para o edredom,ao engasgar com suas palavras-Eu encontrei o Ryan com a Marcela-Ela disse por fim
Luan olhou para Lara como se não acreditasse em tudo o que ela havia lhe contado,e sem pensar em mais nada,ele a puxou para um aperto forte.
-Eu sinto muito,Lara-Ele disse em seu ouvido-Eu queria reparar o passado...
-Não-Ela se afastou-Eu não me importo que você tenha ficado com a Marcela Luan,foi meio que natural,e você era lerdo-Ela riu entre as lágrimas-Mas dessa vez foi muito diferente-Ela estreitou os olhos ao falar,como se analisasse a situação-Quando você quer alguém ao seu lado,você quer essa pessoa nos seus momentos de glória,mas também quer nos momentos de batalha,e ele não estava lá,estava mais preocupado em me trair do quê saber como eu estava.
-Eu sei,não passei pela mesma coisa,mas sei o quanto é ruim ser deixado de lado quando você mais precisa.Eu passei por isso,namorei algumas vezes,e nunca consegui encontrar alguém que realmente entendesse minha carreira,minha rotina,de um jeito ou de outro,acho que somos um pouco parecidos em relação a isso.
Lara olhou para ele confusa,então ele quis explicar:
-Veja só,as mulheres com quem eu namorei,também me disseram que eu era um pouco egoísta,tudo porque eu não podia cancelar um show para estar com elas,ou iam até o local do show,ou não nos víamos,e bom,eu também senti isso,quer dizer,sempre quis alguém que entendesse essa minha vida complicada,e estivesse ali ao meu lado após um show ruim,ou pelo menos ligasse e perguntasse como eu estava,mas nenhuma até agora pareceu entender-Confessou ele.
Lara sorriu.
-Eu amo esse seu jeito sincero-Ela serpentou até os braços de Luan-Espero que um dia,realmente possamos encontrar alguém que nos entenda-Ela murmurou ao abraçá-lo.
-Eu tenho certeza que não vai demorar muito para que isso aconteça-Ele disse,porque essa pessoa é você,completou ele mentalmente.

1 Capítulo 9

Assim que soube do casamento,mesmo não conhecendo Ashley,Bruna fez questão de ajudar nos detalhes,ligando para a amiga de Lara,e se 'pendurando' no telefone durante horas.
Enquanto Lara olhava aquilo admirada,bateram na porta.Como Bruna estava 'ocupada',Lara resolveu abrir,e deu de cara com o Luan.
-Eu sei que você deve estar cansada da viagem,mas topa dar uma voltar comigo,aqui no condomínio?-ele fez aquela cara de cachorro abandonado,e Lara não resistiu.
-Ok-Eles nem se deram o trabalho de avisar a Bruna,e foram caminhando sem rumo pelo condomínio,até chegarem a uma gramado em uma quadra de futebol,e se sentarem,ainda em silêncio.
-Lara,me desculpe,não queria lhe passar aquela imagem,eu só...
Ela se virou para olhá-lo nos olhos.
-Tudo bem,foi só uma brincadeira,entendi já.
-Eu jamais quis dizer que você se aproveitaria do meu dinheiro,ou da minha fama...
-Eu sei Rafael-Ela se aproximou e alisou o rosto angelical de Luan,podendo sentir sua pele macia como a de um bêbe,e sentindo correntes elétricas pelo seu corpo com o toque.-Você sempre fala as coisas sem perceber,desde que eu lhe conheço,mas não posso dizer que não fiquei um pouco chateada,afinal,mesmo distantes,sempre fomos amigos,mas agora passou.
Ele puxou Lara contra seu peito e abraçou fortemente a garota,como se nunca quisesse soltá-la.
-A gente ficou longe por tanto tempo,no entanto,parece que isso nunca aconteceu.Sinto que posso lhe contar todos os segredos do mundo.
Lara apertou Luan por alguns segundos,depois se afastou ao notar o tom de sua voz.
-Você tá...chorando?-Ela perguntou incrédula,nunca havia visto Luan chorar,já havia visto o amigo triste,mas ele nunca chorava perto dela,nem mesmo naquela vez em que fez um show que não deu certo.
Ele limpou a face rapidademente,e virou o rosto para o lado.
Lara puxou ele para si,repetindo o gesto de alisar o rosto do amigo.
-Hey,sou sua amiga,não precisa esconder nada de mim Luan-Ela lhe deu um beijo no rosto,demorando alguns minutos,só para sentir sua pele macia em seus lábios.
-Desculpe,foi um dia ruim antes de ter buscá-la,claro.-Ele disse por fim
-Sabe o quê lembrei?De quando íamos a sua casa,deitávamos no gramado e ficávamos contando estrelas-Lara mudou de assunto,típico dela.
Lara se deitou,colocando sua cabeça no colo do amigo.
Luan começou a fazer cafuné nela,enquanto cantava baixinho,e admirava o céu estrelado.Ficou assim durante minutos,talvez horas,até perceber que Lara havia dormido em seu colo.
Ele parou com o cafuné e ficou observando a garota,frágil,linda,carinhosa,e amiga,em seu colo,alisou seu rosto por inteiro e parou com os dedos em seus lábios carnudos por alguns segundos,depois finalmente decidiu que era hora de ir,e deixar que sua imaginação tomace conta totalmente de sua mete,pois Lara nunca seria nada além de sua amiga.
O vento bateu em seus cabelos,e Luan sentiu o clima esfriar,então tomou a garota nos braços,e segui em direção a sua casa.

Lara abriu os olhos e analisou o local,vendo Bruna dormindo de boca aberta.Lara riu baixinho,e depois concluiu que Luan quem a trouxe para a cama,depois,fez sua higiene matinal,e colocou uma regata branca,um short jeans e calçou sua rasteirinha,pegando o celular logo em seguida e indo para o corredor.
-São sete da manhã Lara!-Ashley gemeu no telefone.
-Desculpe,mas precisava saber se você deu o remédio pro Sam ontem a noite...
-Sim,está tudo certo com ele,não se preocupe,agora tchau,quero dormir!-Ashley desligou na cara de Lara,que ficou com expressão de incrédula durante uns segundos,depois resolveu descer.
-Aonde vão?-Ela perguntou ao dar de cara com Luan e Amarildo na sala.
-Vamos no pantanal pescar uns baiacu-Luan debochou
Lara revirou os olhos e riu.
-Quer ir?-Ele perguntou
-Não,até eu me arrumar...vou atrasar vocês,podem ir,vou comer alguma coisa...
-Tudo bem,se precisar encontrar algo na cozinha é só pedir a Mamuska-Luan disse,se aproximou,dando um beijo no rosto de Lara-Bora paizão!
-Até mais Lara-Amarildo disse,antes de sair porta a fora.

Lara foi até a cozinha,encontrando Marizete ali.
-Já acordou?-Ela perguntou parecendo surpresa.
-Sim,costume de acordar cedo para ir trabalhar-Ela sorriu tímida,se importa se eu me servir?-Perguntou
-Claro que não,agora se não se importa,vou ir comprar algumas coisas para o almoço,vou aproveitar que o Luanzinho tá em casa pra alimentá-lo corretamente-Ela riu
-Quer ajuda?-Lara se ofereceu.
-De jeito nenhum!Você veio para se distrair,não para dar trabalho-Marizete sorriu-Só avise a Bruna por favor,vou indo,qualquer coisa acorda a Bruna-Ela foi saindo.
Lara ficou então só,Bruna provavelmente acordaria por volta do meio dia.Então comeu um pão com queijo e goiabada,e tomou um café com leite,depois arrumou a cozinha para ajudar a Marizete,ela sabia que quando os Santana visse a cozinha toda arrumadinha,iriam reclamar dizendo que ela era visita e blá blá blá,mas ela não se importava com isso.
Depois de terminar com a cozinha,Lara pegou seu celular e foi para a sala,ligando a TV logo em seguida,e deixando que o conforto do sofá a relaxasse,até seu celular tocar.
Lara olhou para o número desconhecido,e atendeu,sem se importar com quem seria do outro lado da linha,até aquele momento.

-Alô?-Disse a garota despreocupada.
-Lara?-Não,tudo,menos ele!
-O que você quer?-Ela disse rispidamente,e já ia desligar na cara dele,mas pensou melhor,aquilo seria infantil de mais da sua parte.
-Queria...conversar com você-Disse Ryan,do outro lado da linha.
-Eu dispenso o convite,porque você não tenta falar com Sra.Egoísta?Ah esqueci,ela sou eu!-Lara revidou.
-Lara,eu estava em um momento difícil...
-Eu também estava Ryan,eu tive uma parada cardíaca e você sequer se importou,praticamente terminou comigo por SMS e agora diz que quer conversar?!-Ela esbravejou,sem perceber que gritava.
-Lara todo mundo erra,eu...
-Não você não errou,você acertou a flecha no alvo!
-Não faz assim...
-Não faz assim você Ryan!Olha,não tente me ligar de novo,nem me procure,boa sorte nessa sua vida,adeus!-Lara desligou,sem perceber que chorava,aquela ferida em seu coração ainda não estava  cicatrizada.
A garota puxou as pernas para perto de seu peito,e deixou que as lágrimas caíssem.

1 Capítulo 8

-OMG!Eu não acredito nisso!-Lara abraçou a amiga-Parabéns Ash!-Disse ao soltá-la
-Nem eu estou acreditando ainda,foi muito inesperado sabe?-A garota disse com lágrimas nos olhos,emocionada-Então,eu vim aqui para pedir que você seja minha madrinha de casamento.
-O quê?-Lara perguntou-Sério?
-Sim-Ashley sorriu.
-Claro que eu aceito!-Concordou
-Então ok,vou organizar direitinho e ligo pra Lily avisando quando vamos ver os vestidos,estava pensado em irmos para Paris.
-Ash,não viaja-Lara riu-Tenho que cuidar do consultório...Olha,eu sei quem pode te ajudar a conseguir um vestido exclusivo...-Lara refletiu
-Sério?Quem?-Ashley quis saber
-A irmã do Luan,bom,não tenho contato com ela desde que o Luan se mudou,mas eu vi umas matérias que ela estava com o Luan e se vestia super bem,acho que ela pode nos ajudar,ou posso falar com a pesonal styles do Lubs...
-Ótimo,você vê o mais rápido que puder,e me fala,agora vou indo,preciso resolver os convites
-Já?-Lara perguntou incrédula
-Claro,tecnicamente já estou atrasada para garantir vaga no Copacabana Palace
-Ai meu Deus,vou avisar o Lucas para esconder a carteira-Lara brincou

-Sam,seu lindinho-Lara fez cafuné no labrador,que logo deitou em sua perna-Então,vamos ligar pro Luan?-ela perguntou,e o cachorro lambeu sua mão,como se estivesse respondendo a sua pergunta.
Ela discou os números,e esperou que alguém atendesse.
-Lara?-Ela pode sentir o sorriso na voz do amigo.
-Oi Rafael-Ela costumava chamá-lo assim quando eram adolescentes,e isso fez com que Luan soltasse um riso.
-Você não me chama assim há tempos...
-Sei disso-Ela sorriu-Preciso de uma ajuda sua...-Disse por fim
-Claro,só dizer do que precisa.
-Na verdade,é para uma amiga minha,sabe,a noiva do Lucas?Então,eles finalmente decidiram oficializar a união deles,antes do Lu viajar,ele vai fazer umas fotos...enfim
-Diz logo o que você quer Lara,para de enrolar!-Luan disse ansioso
-Ok,ok.Então eu queria que você me desse o telefone da Bruna,queria perguntar pra ela sobre estilistas,essas coisas de mulher-Ela revirou os olhos ao falar.
-Ha bom,o telefone da Piroca..
-DE QUEM?-Lara perguntou incrédula,fazendo Luan gargalhar do outro lado da linha.
-É um apelido que eu dei pra ela,faz um tempo,enfim,vou fazer uma coisa muito melhor,eu vou ter umas férias,e a Bruna está morando em São Paulo com os meus pais,então eu te busco,e você passa dois dias conosco-Propos
-Não sei se é uma boa ideia...
-Claro que é,uma ótima ideia por sinal,não aceito não como resposta!-Insistiu ele
-OK,me fala os dias então-Ela concordou por fim

-Que foi?-Luan perguntou quando Lara se recusou a descer da van.
-Nada-Ela soltou por fim a respiração e segurou a mão que ele estendia para ajudá-la a descer.
-Tá nervosa?-Ele debochou,fazendo com que Lara lhe desse uim tapa.
-Não!-Ela mentiu
-Tá sim!Não tem nada de mais,eles continuam os mesmo,vamos entrar-Ele puxou a amiga pelas mãos,nos ombros carregando a mochila de Lara.
-Pi!-Bruna foi a primeira a vê-los entrar,e abraçou o irmão com força,ao soltá-lo,ela olhou para Lara sorridente.
-Lembra dela Pi,Lara?-Luan perguntou.
-Por acaso não era a menina que vivia comendo pão de queijo com você?
-sim sou eu-Lara confessou
-Caramba,me deu uma vontade de comer esse trem!
-Gordo!-Bruna debochou
-Sou gostoso-Luan exibiu seu tanquinho,fazendo as duas revirarem os olhos.
-Vem,vamos para a cozinha,a mãe fez frango com quiabo.
-Opa-Luan jogou as malas no sofá e puxou Lara em direção a cozinha.
-Filho!-Marizete sorriu ao vê-los-Nossa,você parece muito com a...
-É ela mãe-Luan revirou os olhos.
Marizete sorriu,e foi abraçando os dois deuma vez só.
-Você está linda Lara-Disse ela.
Lara sorriu tímida.
-Obrigada.
-Vem,vamos jantar,em breve o seu pai chega-Marizete foi gesticulando para a mesa,e então eles foram jantar.

-Você virou veterinária mesmo então?-Quis saber Amarildo.
-Sim-Lara disse após beber um pouco do suco de melancia-Nossa isso tá muito bom!-Ela elogiou.
-Já viu que ela vai repetir em Mamuska?-Luan disse rindo de boca cheia.
-Não como igual a você!-Ela reclamou,depois voltou sua atenção para o pai do amigo-Meu pai tentou me convencer a cursar medicina,mas não conseguiu de jeito nenhum.
Todos riram.
-Então você tem seu próprio negócio?-Quis saber Amarildo.
-Sim,foi meio difícil no começo,meu pai queria até me ajudar,mas eu quiz fazer tudo sozinha.Trabalhei em um escritório como secretária e consegui juntar um dinheiro,depois consegui alguns contatos e aí comecei o abrigo de cães,em seguida veio o Pet shop-Ela deu uma garfada na comida.
-Se não tivesse sumido,não precisaria fazer tudo isso-Luan brincou.
Lara revirou os olhos.
-Mesmo que eu estivesse com você no momento em que sua carreira deu certo,eu jamais me aproveitaria disso-Ela olhou séria para o Luan,respondendo com sinceridade.
-Eu estava apenas brincando Lara.
-Mas eu não-O clima ficou tenso por alguns segundos.
-Vamos guardar suas coisas,você fica no meu quarto-Bruna sorriu para a garota,e já foi puxando ela.

1 Capítulo 7

-Me desculpe Lara,eu não sabia...
-Para de resmungar e vai logo Lucas,antes que sua namorada tenha um ADP-Lara riu e deu um beijo no rosto do amigo-Eu vou ficar bem indo de táxi,agora vá-Ela ordenou.
-Obrigado,prometo que você compensar essa noite-Ele abraçou a amiga e foi embora do show encontrar com sua noiva,que acabara de chegar de viagem inesperadamente.
Lara curtiu os últimos momentos do show,e então,Luan veio em sua direção,todo suado com uma toalha ao redor do pescoço.
-Ué,aonde está seu amigo?-Ele eprguntou confuso.
-Lucas foi encontrar com a noiva dele,parece que ela chegou inesperadamente-Lara deu de ombros,e Luan quis sorrir ao saber que Lucas estava noivo,ele se lembrou dela ter dito algo do tipo no dia em que fora á sua casa.
-Então,você veio de carro?-Ele quis saber
-Lucas me trouxe,mas teve que ir,então volto de tá...
-Han,han,de jeito nenhum,você volta comigo!-Ele disse-Vou levá-la em casa.
-Luan...
-Sem mais!-Ele tirou a camisa molhada de suor,e Lara quase teve que se segurar na mesa de guloseimas do seu camarim para não cair depois de se sentir tonta diante daquela cena.
É claro,já vira Luan sem camisa muitas vezes,depois de jogar futebol na escola quando eram adolescentes,mas agora era diferente,eles eram adultos,e ele estava com um ótimo físico,e ela se lembrou que alguém a tinha dito que ele havia feito musculação por um tempo,e isso explicava seu peitoral definido,porém liso e seus braços fortes.Ao contrário do quê os jornalistas diziam,ela não achava que eles estava gordinho,e sim gosto...Não!Ele era seu amigo,e nada mais do que isso!
Luan finalmente colocou uma camisa preta,o que realsava mais seus músculos,e abraçou Lara com força pela cintura.
-Bora,vou chamar a galera-Disse ele por fim.

-Você não precisava fazer isso-Lara disse séria.
-Para de ser chata,eu queria passar o tempo com você!-Luan riu-Agora me conta,você adotou o labrador?-Ele perguntou sorridente.
-Sim-Ela respondeu rapidamente,seus olhos brilharam ao falar do seu mais novo cãozinho.
-E o Chupeta?-Luan perguntou
Lara quase chorou ao se lembrar de seu cão,que falecera alguns anos há trás.
-Ele morreu,quando eu fui viajar não tinha com quem deixá-lo,então meu pai sugeriu um Pet shop perto da nossa antiga casa,eles tinham tipo um hotel para os bichos,só que maltrataram de mais o Chupeta,e bom...quando cheguei aqui...você já sabe-Lara não resistiu e caiu em lágrimas no peito de Luan,eles estavam sentados no fundo da van,e o resto da equipe conversava animadamente,então nem percebeu o clima que se formou nos fundos do veículo.
-Sinto muito meu anjo-Luan acariciou os cabelos da amiga e a apertou com força contra si.
Lara rapidamente limpou as lágrimas.
-Eu deveria já está acostumada com isso,mas ele era um bom cão,e desde que ele se foi,não tive nenhum cachorro.Meus pais até tentaram me convencer de quê eu estava sozinha demais aqui no Rio e precisava de companhia,mas nunca superei a morte do Chupeta,e com as viagens de trabalho,ficava com medo de que não tivesse alguém para cuidar do animal,caso eu tivesse um.-Lara fez careta.
-E então,seu coração não resistiu ao pequeno labrador?-Luan sorriu
Lara retribuiu o sorriso.
-Eu queria matar seu segurança por ter atropelado ele-Lara sussurrou,fazendo o amigo rir alto-Mas por outro lado,ele me trouxe até aquela bolinha de pelos linda,e juro,me surpreendi,ele é tão inteligente!
-Isso eu quero ver!
-Assim que você puder ir lá em casa novamente-Lara prometeu
-E o seu evento,como foi?-ele quis saber
-Maravilhoso,arrecadamos muito mais que o esperado,tudo por conta de um doador anônimo e vamos criar...-Lara parou de falar ao ver a cara do amigo-FOI VOCÊ!-Ela exclamou,alto o suficiente para que algumas pessoas da equipe os encarassem por uns minutos.
-Desculpe,eu sabia que se não fosse anônimo você iria fazer questão de devolver o dinheiro pessoalmente-Disse ele com um sorriso travesso
Lara deu um tapa na coxa dele.
-Por quê fez isso?-Ela perguntou erguendo a sobrancelha.
-Sempre te apoiei na sua carreira,e bom,quem me contou exatamente do evento foi sua assistente,e acho que ela tem uma quedinha por morenos-Ele provocou,fazendo Lara revirar os olhos-Enfim,achei a causa nobre,e soube que você também vai ajudar um hospital...
-Sim-Lara concordou.
-Eu faço isso também,todo ano,lembra da promessa que fiz pra minha mãe quando...
-Eu lembro,e nossa,nem sabia que você faria isso,quer dizer,faz tanto tempo...-Lara comentou,mas não escondeu o sorriso-Fico feliz que você ajude as pessoas com sua carreira.
Sem se importar,Lara pulou nos braços do amigo e o abraçou apertado,fazendo os dois caírem sobre o banco da van em uma freada inesperada.
Lara arregalou os olhos ao olhar para o Luan,assustada,e depois,perdida naquela boca fina e rosada tão próxima a sua.
------------------------------
O motorista freou com força total no mesmo instante que Lara o abraçou,e Luan pôs os braços ao redor da cintura da garota,tentando evitar com que a mesma se machucasse.
Naquela hora,ele percebeu que em um pequeno movimento,ele poderia beijar aqueles lábios carnudos que estavam pintados em um tom de vermelho rubi e tão próximos dos lábios dele.
O vestido de Lara,desceu um pouco no meio do susto,amostrando um pouco de seus seios,que pareciam não estar cobertos com nada além do vestido.
Lara se levantou bruscamente,sem nem notar o que havia acontecido com seu vestido.
-Desculpa-Ela pediu sem graça,vermelha de vergonha.
-Foi inesperado-Luan riu-Acho melhor você subir seu vestido-Ele disse,tentando esconder o volume que se formou em sua calça jeans.
A menina corou mais ainda,e ajeitou rapidamente seu vestido.
-Posso saber o que você está usando por debaixo do vestido?-Luan perguntou com um olhar safado.
Lara olhou para ele indignada e lhe deu um tapa forte no braço.
-Tchau!-Ela disse com a cara de poucos amigos ao ver que a van já ia parar na porta de sua casa.
-Lara-Luan revirou os olhos-Eu estava apenas brincando-Ele pegou a garota pela cintura e a apertou contra si-Me desculpa?-Perguntou com aquele jeitinho meigo.
-Quando você ficar menos tarado fale comigo-Ela respondeu e foi descendo da van-Obrigada por me trazerem pessoal-Agradeceu e entrou em casa,se jogando no sofá e querendo se matar depois da 'vergonha' que havia passado.

0 Capítulo 6

-Não acredito,tivemos uma doação altíssima!-Lily dizia
-Mas o evento acabou de começar-Lara olhou para sua assistente confusa.
-Bom,parece que alguém se importou muito com essa causa-Lily mostrou o valor em seu tablet.
-Nossa!-Lara sorriu-Nunca pensei que conseguiria isso tudo em um dia.
-Pois é,parece que a "Pet Love" está conquistando o Brasil-Lily sorriu
-Eu espero que sim,e também espero que esse doador anônimo também ajude o hospital de Barretos no evento que teremos em alguns dias.
-Bom,algo me diz que ele fará isso-Disse Lily convicta
-Você sabe de alguma coisa Lily?-Lara olhou para sua assistente sorrindo.
-Não,de nada-Lily revirou os olhos-Bom,vou voltar ao meu trabalho-Lily deu as costas.
Lara então caminhou em direção ao grupo que estavam interessados em adotar alguns animais do abrigo.

-Feito!
-Até que enfim,eu estava nervoso já!-Luan olhou para o pai.
-A causa é importante pra você,ou é a garota?-Amarildo ergueu uma das sobranchelhas desconfiado do filho.
Luan riu e passou as mãos nos cabelos.
-Os dois são importantes pai,agora deixa eu subir no palco-Ele se livrou,e subiu no palco,sentindo a energia do público como se fosse a primeira vez.
Naquela noite,Luan Santana não queria se sentir 'o cantor',ele queria ser muito mais do que somente aquilo,porque pela primeira vez depois da fama,ele se sentia livre para abrir as suas asas e voar por aí,como um pássaro livre.

-Prontinho,esse é seu novo lar-Lara abriu a porta de sua casa para o filhote de labrador,que já estava enorme.-Aqui Sam-O cachorro de pelos escuros veio correndo em sua direção e lambeu seu rosto,fazendo com quê Lara sorrisse-Muito bem-Ela deu um pestisco ao cão-Agora vem,você vai ficar na sua caminha,ao lado da minha-O cachorro a seguiu,e como se já conhecesse muito bem seu novo lar,ele se deitou na cama improvisada que Lara fizera.
Lara trocou de roupa e se jogou em sua cama, em seguida pegou seu celular e resolveu retornar a ligação do seu amigo,Lucas.
-Lara,são duas da manhã-Lucas atendeu com voz de sono.
-Eu sei,mas precisava falar com você-Disse a garota empolgada.
-Não podia esperar mais algumas horas?-Ele gemeu,e Lara pode imaginar o amigo bagunçando os cabelos e bocejando-Enfim,o que é tão importante?
-Bom,tem duas coisas mega importantes!
-Ok,eu fingo que escuto enquanto durmo e você fala.
-Lucas!-Lara reclamou.
-É brincadeira mi amore,anda,fala!-Exigiu
-Lembra do Luan,aquele meu amigo que te contei...então,ele atropelou o Sam,um labrador,e bom,nos reencontramos no meu Pet shop,e...ele veio aqui em casa,tivemos um jantar,e ele nos convidou para um show...E bom,hoje recebi mais que o esperado pelo ano inteiro para o abrigo de animais-Lara dizia sem esconder o entusiasmo.
-Pera!-Lucas disse quase aos berros-Luan?Você quer dizer o Luan Santana,o seu ex melhor amigo? E como assim nos convidou?
-Ele convidou a mim,mas fiz questão de dizer que você iria junto-Lara explicou
Lucas gargalhou.
-Tenho certeza que agora que ele te viu gata,acho que iria te dar uns pega,e não duvido que ele pense que sou seu namorado...
Lara riu com a ideia de Luan ficar com ciúmes dela.
-Eu disse que você é meu melhor amigo,mas também não contei nada sobre sua namorada Ashley.
-Hum...Interessante,quando vamos ao show?
-Não sei,estou pensando em fazer umas surpresa,pedi pra Lily verificar a agenda dele,parece que ele tem show aqui no Rio no dia 29.
-Dia 29 é domingo!-Lucas exclamou.
-Sim-Lara concordou.
-Será que você se importa se eu tirar algumas fotos pros jornais,tipo você e ele?Dá uma grana...
-Lucas!-Lara reclamou
-Ok,nada de paparazzis,entendi-Eles riram-Então,domingo nos vemos,aposto que você já garantiu os ingressos do show...
-Na verdade,a Lily conseguiu os camarotes,não sei como ela fez isso...-Refletiu a menina
-Ela deve ter os contatos dela-Lucas riu-Bom,a respeito do abrigo de cães,fico feliz que você tenha conseguido dinheiro o suficiente,e bom,eu fui um dos doadores,lembre-se disso!
-Mas é claro Lu,você sempre esteve comigo,como vou esquecer meu fotógrafo favorito?-Lara disse meiga-Enfim,vou deixar você dormir,te espero domingo pro show.
-Estarei lá-O amigo prometeu.

Domingo, 20:30 PM

-Luan,tem uma tal de Lara insistindo em te ver-Rober entrou no camarim ,pareceno confuso.
-Lara,Lara Fernandes?E por quê você não a deixou entrar?Não se lembra dela Testa,anda,mande-a entrar!-Ele empurrou o amigo para fora do camarim,e começou a andar nervoso,sem esperar aquela surpresa.

Lara entrou no camarim abraçado á um homem alto,com o maxilar quadrado,olhos negros e cabelos louros um pouco arrepiados.
Luan tentou ignorar o fato do homem abraçá-la fortemente pela sua cintura,mas era impossível não notar.
Por fim,ele olhou para a amiga,cujo vestia um vestido preto,com um zíper bem no meio dos seios,deixando que os mesmo quase saltassem de seu decote,e um par de sandálias traçadas até sua canela.
-Lara-Ele sorriu,ainda tentando ignorar o homem.
-É sério,eu quase bati no seu segurança,eu ia atirar os meus saltos bem no meio das...argh!-Lara reclamou,fazendo com que Luan soltasse um risinho-Não basta ele ter atropelado o Sam,ainda queria me barrar...
-Desculpe por essa recepção,Welligton é mesmo duro na queda as vezes,mas ele só faz isso por conta do assédio-Luan revirou os olhos,odiava o fato de estar sempre rodeado de seguranças.
-Tudo bem-Lara suspirou-Esse é Lucas,meu amigo-Ela apresentou
Lucas estendeu a mão,e Luan a apertou imediatamente,mas ainda não estava satisfeito com o fato de Lucas estar com as mãos na cintura e Lara.

Lara sentiu seu amigo apertá-la ainda mais,e então sorriu sem jeito.
-Luan,se importa de posar para algumas fotos?-Ela fez careta se desculpando-O Lucas é fotógrafo,ele não gosta de desperdiçar oportunidades-Ela revirou os olhos.
-Claro que não...
-Luan,bora,tá na hora!-Rober apareceu
-Ô cara,preciso ir pro palco,mas você poderia ir com a Larinha pra lá,e fotografar,vou avisar ao pessoal.
-Sério?-Lara perguntou empolgada.-Meu primeiro show seu e já na lateral do palco?Que privilégio.
Luan gargalhou.
-Ela continua boba ein?-Perguntou ao Lucas.
-Não muda nunca-Lucas confirmou.
Então eles foram para a lateral do palco,enquanto Luan entrava em cena.
Lara ficou ali,admirada com o amigo,que continuava o mesmo menininho que ela conhecera há uns anos atrás.Apaixonado pela música,carismático,e amigo,porque mesmo de tantos anos,Luan ainda a tratava como antes.
-Eu vi como ele te olhou-O sussurro do seu amigo a fez pular de susto,nem tinha notado que a sessão de fotos havia terminado.
-Ele me olhou como sempre olha...-Lara disse ainda atenta ao Luan no palco,que agora chamava uma fã para dançar com ele.
-Então ele sempre foi apaixonado por você?-Lucas questionou.
Lara se virou para ele,esquecendo o show por alguns minutos.
-Pirou Lucas?Qual a parte do 'ele pegou minha ex melhor amiga' você não entendeu,ainda?-Lara perguntou irritada.
-Ele pode ter cometido esse erro antes,mas acredite,ele te olha com desejo Lara,eu posso estar enganado,mas conheço esses olhares de desejo muito bem.-ele abraçou a amiga encerrando o assunto ali,não querendo irritá-la,e Lara tentou esquecer tudo aquilo que Lucas havia dito,mas as palavras dele faziam com que uma pequena voizinha no seu interior discutisse e se perguntasse se ele estaria certo.

1 Capítulo 5

Assim que chegou em casa,Lara tomou um banho quente,e relaxou,o bastante até a comida japonesa chegar.
Ela arrumou a mesa,e depois,foi se olhar no espelho pela segunda vez,avaliando seu look sem saber o motivo pelo qual estava se importando tanto com sua aparência naquela noite.
Lara vestia uma saia amarela,com crooped branco e sneak preto.Sua maquiagem como sempre,o mais básica possível,com brush para dar uma cor ao seu rosto pálido,brilho labial,rímel e lápis de olho.Seus cabelos estavam jogados para o lado,ondulados e um pouco rebeldes.
Dim dong.
Ela respirou fundo uma vez,pensando em mandá-lo ir embora,mas por fim,foi até a porta,e assim que abriu,Luan entrou em disparada,como se fosse um assaltante.
-Desculpe,tenho medo de que me reconheçam,não ligo de dar autógrafos ou tirar fotos,mas quero uma noite especial-Ele sorriu torto,fazendo com que o sentimento de Lara que ela não saibia que ainda existia,aparecesse.
-Tudo bem,vem a comida já chegou-Eles foram até a cozinha,onde tinha uma pequena mesa de jantar.
Os dois começaram a comer em silêncio,até Luan dar uma risada.
-O que foi?-Lara perguntou,suas sobrancelhas se uniram,confusa.
-É que eu lembrei,da sua festa de 13 anos...-Ele olhou para ela sorridente.
Lara jogou os hashi na mesa,frustrada.
-Por quê tá me lembrando disso?-Ela perguntou séria,fazendo com que Luan se sentisse confuso.
-Foi um dia bom pra mim,passamos a noite comendo comida japonesa e assistindo filmes...
-Foi um dos meus piores aniversários-Ela revirou os olhos.
-Passar seu aniversário comigo foi ruim assim?-Ele perguntou confuso.
-Não...-Ela colocou um hot philadélfia na boca,engoliu e depois voltou a falar: -Ninguém sequer lembrou de mim,além dos meus familiares,mas foi ótimo ficar com você,foi o único amigo que se lembrou de mim,na época...
Luan se levantou,recolhendo as louças e indo lavar.
-O que você está fazendo?-Lara levantou rindo.
-Ué,você pede a comida,eu limpo a louça,nada mais justo-Ele disse
-Luan...
-Sou uma 'celebridade'-Ele fez aspas com as mãos-Mas ainda sou o mesmo Lara.
Ela concordou com a cabeça,e foi ajudá-lo.
-Senti sua falta-Ele disse depois de um longo tempo-Eu te procurei,por mais que você não acreite Lara,eu te procurei todo esse tempo,porque eu sempre soube,que você seria minha amiga,que não se importaria com minha fama,e bom,esses anos foram difíceis pra mim.Eu namorei,tive 'amigos',mas na verdade,todos eles tinham algum interesse,ou não entendiam minha carreira,e bom,a noite,eu pensava sempre em você-Ele se virou para encarar a velha amiga de infância.
Ela suspirou.
-Eu também senti sua falta-Finalmente Lara desfez sua armadura e foi abraçar seu velho amigo-Quando eu soube que você ficou famoso,nossa,eu chorei de alegria,fiquei toda boba-Ela confessou
-E por quê não me procurou?
-Luan...-Eles trocaram olhares-Não é tão fácil assim...-Ela disse
-E por quê não?Lara eu te esperei...
-DROGA!-Ela se afastou dele-NÃO ERA FÁCIL LUAN,EU GOSTAVA DE VOCÊ E VOCÊ FICOU COM A MARCELA!-Lara tampou a boca quando percebeu o que havia falava.-Han...desculpa...acho melhor você ir embora-Ela deu as costas e saiu andando pela casa.

Luan ficou ali,parado feito uma estátua,absorvendo o que Lara havia dito,quando se lembrou da conversa que tivera com sua irmã alguns dias atrás.

FLASHBLACK ON

Luan estava sentado no sofá,chateado com o fim do namoro.
-Pi?-Bruna o chamou,mas o olhar do irmão continuou vago-Pi?-Ela se sentou ao lado dele e o abraçou-Não fica assim maninho...
Ele finalmente a encarou.
-Como você quer que eu fique Bruna?Eu queria essa carreira,sempre quis isso pra mim,amo meus fãs,mas nada parece certo desde então.Quando eu finalmente gosto de uma pessoa,ela ou está interessada na minha fama e no meu dinheiro,ou não suporta minha rotina.-Ele suspirou-A verdade,é que ou eu paro de cantar,ou fico solteiro o resto da vida-Disse decepcionado.
-Não,para de bobagens Pi-Ela alisou o cabelo do irmão-Você vai encontrar alguém que te ame de verdade e entenda sua rotina.Não deu certo com a Jade,mas entenda,ela era apaixonada por você e não suportava a distância porque o amor de vocês não era forte o suficiente.Tenho certeza que você vai encontrar alguém que seja realmente louca de amor por você,e aí,ela vai entender sua carreira,sua vida dupla.-Ela deu um beijo no irmão-Vai dar tudo certo,eu sei que vai.
-Espero que você tenha certeza disso...-Ele murmurou quando a irmã foi embora.
FLASHBLACK OFF

Luan procurou por Lara pela casa,e finalmente a encontrou,jogada em sua cama,chorando.
Ele se aproximou com calma e a puxou para seu colo.
A garota soluçava sem parar.
-Lara?-Ele perguntou com calma.
-Vai embora-Disse ela entre soluços
-Não!Amigos estão do seu lado independentemente de tudo,eu vou ficar-Ele disse alisando os cabelos da menina.
Ela chorou por mais alguns minutos,e ele esperou pacientemente até ela se acalmar.
-E a carta,que eu te dei?-Ele perguntou.
-Eu não entreguei nada para a Marcela,nem mesmo o colar que você deixou-Ela disse.
-Eu já esperava por isso-Ele sorriu para ela feliz-Eu realmente pensei que sentia algo por ela,mas depois de entregar a carta para a sua mãe,tive vontade de voltar e rasgar eu mesmo,vi Marcela ficando com o Ricardo,lembra dele?Então...e bom,eu já sabia que você não iria entregar nada,ela,e eu,traimos sua confiança...
Lara assentiu.
-Sabe quando eu disse que gostava de você?-Ela perguntou fazendo Luan rir.
-Sim-Ele a encarou prendendo o riso.
-Era no passado-Ela disse limpando as lágrimas com as costas das mãos.
Ele riu,concordou,mas não acreditou.
-Bom,acho que está na hora de ir,foi uma noite incrível,e Lara,eu espero que nossa amizade continue-Ele colocou uma mexa do cabelo da garota atrás da orelha.
Ela sorriu.
-Eu também espero isso-Ela foi sincera.
-Ótimo,então acho que você pode ir ao meu show na sexta...
-Ha não Lu,eu tenho um evento importante,preciso de doações para um abrigo de animais,sou uma das fundadoras,no próximo show que der eu vou,prometo,ainda levo o Lucas.
-Lucas?-Luan perguntou confuso
-Sim-Lara soltou um risinho ao sentir o ciúmes do amigo-Ele é meu melhor amigo.
-Hum-Luan fez cara de desprezo
-Não leva a mau Lu,ele foi meu amigo quando você tinha 'sumido'-Ela fez aspas com as mãos.
-Tudo bem-Ele deu um beijo na bochecha da amiga-Nos vemos no próximo show,e espero que seja logo.
-Quando você menos esperar-Ela concordou.

0 Capítulo 4

-Sinto muito ligar essa hora,mas acabou de chegar um cão ferido,ele vai precisar de cirurgia,e bom,acho que você gostaria de realizá-la-Lily,a assistente de Lara falava ao telefone.
-Tudo bem,em dez minutos estou chegando,mande preparar a sala de cirurgia-Lara avisou,depois correu para por uma calça jeans,e uma blusa branca,pegou seu jaleco,as chaves do carro e saiu em disparada para seu consultório.

-Caramba,você não deveria ter acelerado daquele jeito,poderia ter sido uma fã..Não que eu tenho ficado satisfeito em ser um cachorro!-Luan reclamava com seu segurança
-Me desculpe,isso não vai se repetir...-Welligton dizia
-Espero que não se repita mesmo-Luan o olhou sério
-Já prepararam tudo?-Luan olhou em direção para a voz doce e desesperada da mulher,e quase não acreditou no que viu.

Lara foi colocando seu jaleco enquanto seguia para a sala de cirurgia,sequer notou que haviam pessoas na sala de espera.
-Pronto,agora ele vai dormir por algumas horas,e quando acordar podem dar um outro anestésico para que ele não sinta dor-Disse Lara
-Sim,e os ferimentos?-Perguntou Fernando,seu estagiário.
-O de sempre,limpe o local com solução fisiológica e depois aplique um pouco de povidine,não se esqueça de por as gazes para que não tenha problemas com infecção.
-Tudo bem-Ele concordou
A garota finalmente saiu um pouco exausta da sala,e foi em direção a sala de espera,e quando deu de cara com ele,ela não acreditou realmente no que viu.
Lara respirou fundo uma vez,e manteve a postura.
-A minha assistente já vem para passar os valores-Ela disse,e já ia se virar.
-Lara?-Luan a alcançou quando ela já estava na porta do seu escritório.
A garota suspirou,e depois se virou.
-O que foi?-Ela disse entredentes
-Então,é você mesma?-Luan perguntou ainda sem acreditar.
-Não,é o Gasparzinho-Ela revirou os olhos-Olha,eu tenho que trabalhar...
-Me desculpe pelo que aconteceu,não foi minha intenção atropelar o cãozinho,meu segurança acelerou e...
-Peça pra ele ter cuidado da próxima vez-Ela respondeu friamente e já foi dando as costas novamente.
-Eu não entendo,te procurei por todo esse tempo,e agora que te encontro você me trata assim,desse jeito...o que eu te fiz?-Ele perguntou,dessa vez encarava o chão.
Lara finalmente resolveu deixar sua postura de lado,não era justo ela tratar o garoto assim,afinal,ele não sabia que ela era,ou ainda é,apaixonada por ele.
-Desculpa,mas estou envolvida com o meu trabalho,não estou boa para conversas hoje-Ela finalmentrocou olhares com ele.
-Tudo bem,será que podemos sair?Não é um convite tipo um encontro,eu só quero,sair,matar a saudade...
-Você é famoso Luan,em qualquer lugar seria reconhecido,não quero sair em uma revista de fofocas no dia seguinte-Ela tentou recusar
-Tudo bem então,eu vou na sua casa,ninguém vai saber,eu ponho um boné e óculos escuros antes de entrar.
Ela riu,pois se lembrou do velho amigo de infância,que sempre arrumava um jeito para estar ali,mesmo que ela não quisesse as vezes.
-Tudo bem,peça a Lily que lhe dê meu endereço,eu chego em casa por volta das onze da noite...-Mas uma vez ela tentou se livrar dele.
-Eu tenho alguns compromissos na cidade,então,acho que vamos chegar juntos-Ele sorriu torto
-Ok,não se importa em comer comida requentada não é?
-Por que,você ainda não sabe cozinhar Lara Fernandes?-Ele brincou
Ela revirou os olhos.
-Não,com o trabalho acumulado essa semana estou sem tempo,então vou providenciar comida japonesa,ou pedimos pizza.
-Pizza,a de sempre,você sabe-Ele lhe deu um beijo estalado na bochecha-Mal vejo a hora de nos vermos novamente-E então ele foi embora.
Lara entro em seu escritório,e começou a mexer na papelada procurando os documentos do evento beneficente que faria em algumas semanas,mas sua mente não parecia acompanhar seu corpo,e tudo o que pensava era em como seria 'hoje a noite'.

0 Capítulo 3

Lara se olhou no espelho novamente.
Seu vestido dourado tinha um pequeno degradê formando uma transparência nas pernas,além de pedras por todo ele,combinando com seu Scarpin nude.
Ela suspirou,e depois de retocar seu batom cor de boca,resolveu encontrar seus pais no salão do hotel.

-Esse é Oscar,ele é um dos professores de medicina da Haverd-O pai de Lara disse
-Prazer,sou Lara Fernandes.
-O prazer é todo meu Senhorita Lara.Seu pai não me falou como você estava crescida-O velho sorriu,amostrando suas rugas no canto dos olhos,Lara porém,corou.
-Ela já está com 14 anos,em breve começará a faculdade-Alexandre abraçou a filha.
-Esperamos você em Harvard,Lara-Oscar disse para a menina
-Obrigada,mas não pretendo cursar medicina-Ela sorriu.
-Lara...han...desculpa-Lucas chegou afobado.
-Respira menino!-Lara disse rindo
-Eu estava te procurando,para darmos um passeio.
-Han...-Lara olhou para os pais-Posso ir?Tá chato aqui..-Ela fez careta
-Tudo bem,vão,mas não cheguem muito tarde-Luiza avisou.
-Obrigada mãe-Lara deu um beijo nos pais e seguiu com seu amigo para fora do salão.
-Então,aonde vamos?-Ela olhou para ele com cumplicidade
-É um segredo,mas você precisa por calça jeans,anda,eu te espero no saguão!
-Mas...
-Confia em mim!
-Ok,estou indo.

-Sério,você não vai me contar?-Lara perguntou pela terceira vez.
-Chegamos!-Lucas sorriu,e apontou para a pista de patinação perto da roda gigante que eles tinham conhecido no dia anterior.
-Ha não,não e não!Eu não vou patinar,nem sei fazer isso Lucas!-Lara reclamou
-Você vai aprender rapidinho,anda,vamos-Lucas saiu puxando a menina pelas mãos,e quando Lara se deu conta,já estava caindo no gelo de cara,literalmente.
-Lucas,eu não consigo,me ajuda!-Lara puxou o amigo com força,e os dois acabaram caindo juntos.Os dois gargalharam,e ficaram assim por um bom tempo,até que...
-Lucas!
-Ai,droga!-Lucas se levantou e ajudou Lara a sair da pista de patinação.
Lara se sentou para tirar os patins,enquanto a ruiva dos olhos caramelados se aproximava,falando em um perfeito sotaque inglês com Lucas.
-Eu não acredito que...
Lara conseguiu finalmente por o tênis e se aproximou do casal.
-Ele é apenas meu amigo,estávamos patinando e eu caí-Disse a garota-Me desculpe
A garota de cabelos arruivados olhou para os dois desconfiada,depois suspirou.
-Eu pensei...
-Eu sei,mas não,ele é só um amigo mesmo,estava me mostrando a cidade,mas bom,acho que é melhor eu ir-O celular de Lara tocou.-Alô?Oi amor!
-Lara?Filha,onde você está...?
-Olha,eu vou voltar pro hotel,estou na rua,e quando chegar te ligo para conversarmos melhor.Também estou com saudades...
-Lara,que palhaçada é essa?Onde você está?
-Ok,eu explico tudo quando voltar-Lara riu ao pensar na cara que seu pai estava fazendo naquele momento-Beijos-Ela desligou-Bom,vou indo,acho melhor vocês dois irem comer alguma coisa-Lara sugeriu
-Vamos com você...-Lucas falou
-Não precisa Lucas,sai com sua namorada,eu vou pro hotel,beijos-Ela mandou beijos pelo ar e pegou o primeiro táxi que veio.

-Filha,o que foi aquilo no celular?-Alexandre perguntou a filha
-A namorada do Lucas nos pegou caindo do gelo,achou que estávamos juntos-Ela riu sem graça-Bom,aproveitei que você ligou e evitei confusão-Ela piscou
-Quero ver quando ela descobrir que você não tem namorado-Luíza disse pra filha
-Não vai acontecer nada-Ela riu e voltou a comer seu café da manhã em silêncio.

Dias de hoje...

Exausta,Lara fez um sanduíche e  cappuccino,depois ligou a TV e se jogou no sofá.
-A seguir,Luan Santana revela que ainda está solteiro!-Revelava o apresentador do programa de fofocas.
-Cof,cof!-Lara se engasgou naquele momento,depois mudou de canal.
-Eu não acredito,depois de todos esses anos,ele ainda mexe comigo,como pode?-A garota conversava consigo mesma,depois bufou,terminou sua refeição,tomou um banho quente e caiu na cama,onde adormeceu sem nem ao menos perceber.

0 Capítulo 2

"Luan deixou isso para você,hoje cedo" foi o que minha mãe me disse ao me entregar um envelope assim que acordei.
Trêmula,rasguei o pedaço de papel com cuidado,e em meu colo caiu um pequeno colar,com um pequeno medalhão,que não me atrevi a abrir,preferi pegar a pequena carta de duas folhas.
Na primeira,havia uma letra de música,que decidi deixar para ler depois,e na segunda,uma pequena carta.
"Pequena Lara,
também não sou bom com despedidas,e então,decidi escrever essa carta para ti.Quem dera eu pudesse me selar nela,e ficar aqui com você,mas eu realmente não posso,tenho que ir com meus pais e com minha irmã,mas prometo voltar,e te dar mil abraços,comer milhões de pães de queijo e correr feito doido com o Chupeta e você,mas enquanto tudo isso não volta a acontecer,quero lhe dizer,que você foi a amiga que sempre pude confiar,a qual eu dizia meus segredos,a que me escutava sem me interromper ou fazer cara de tédio.Eu errei uma vez com você,não lhe contando o que rolou entre mim e a Marcela,me desculpe,mas achei realmente que ela fosse lhe dizer tudo primeiro.Bom,chega de falar,prometo entrar em contato com você sempre que puder,e queria lhe pedir um último favor.
Esse colar,eu comprei para pedir a Marcela em namoro,mas infelizmente descobri que iria ter essa viagem,então por favor,conte para ela tudo,e lhe entregue o colar,para que ela não esqueça de mim,assim como não vou esquecer dela. 
Um beijo,Luan"
Nossa,que ótimo!Eu parei de querer saber da Marcela no dia anterior quando soube que os dois estavam juntos,e agora tinha que entregar colar á ela?Coisíssima nenhuma,eu que não iria entregar nada á uma pessoa que dizia ser minha amiga e pegou o cara que eu amava/amo!
Peguei o outro papel,com a letra da música.
"Sufoco" estava escrito,eu li cada linha,e percebi que já havia escutado Luan cantando ela na escola uma vez.
Limpei minhas lágrimas e despejei tudo na primeira gaveta que vi pela frente,depois me joguei na cama,coloquei meu fone de ouvido,e liguei meu Ipod no último volume,mas a primeira música que tocou,não ajudou em nada,então decidi terminar de arrumar minhas malas,pois iria para o aeroporto em duas horas.
Tomei meu banho,coloquei uma calça jeans justinha no corpo,com uma bota preta,uma blusinha branca,e uma camisa xadrez por cima,e desci com minhas coisas,decidida a fazer essa viagem mudar minha cabeça,decidida a encontrar outro cara em Londres,a me apaixonar perdidamente por ele a ponto de permanecer lá.

-Filha vamos,o táxi já chegou!-Minha mãe gritou do primeiro andar
-Estou indo!-Peguei minhas malas e fui arrastando até as escadas,estavam mega pesadas,mas eu coloquei tudo que eu precisava,e tinha certeza que acabaria deixando algo por lá,não porque eu quisesse,mas porque era muito esquecida das coisas.
-Eu te ajudo-Meu pai chegou rindo,e pegou uma mala minha sem nenhum esforço,e foi descendo as escadas.Eu ainda estava no segundo degrau,quando ele pegou a outra mala.
-Você tá ficando fortinho Sr.Alexandre!-Disse rindo
Ele gargalhou também,e eu fui descendo as escadas atrás dele.
Chupeta ficaria em um hotel para animais,enquanto passávamos as férias em família,eu bem que queria levar ele,mas ele ainda estava bem machucadinho,e não seria bom levá-lo a uma viagem agora.
Doze horas de viagem,eu dormi bastante,mas me sentia cansada,afinal,quem gosta de dormir em uma poltrona de avião?
Meu pai havia alugado um carro particular,mas já era tarde,então ele pegaria o veículo somente no dia seguinte,o jeito,foi pegarmos um táxi para irmos ao Hotel Hilton,era um hotel super luxuoso,mas nada que minha família pudesse pagar,meu pai havia ganhado esse luxo todo por conta de sua pesquisa,que valia muito,caso fosse aprovada.
Sinceramente ,eu queria muito que a viagem fosse boa e era apenas o começo. Subi até meu quarto.
Que luxo!
Eu poderia ficar ali para sempre. Entrei no Orkut e vi uma foto do Luan,se despedindo dos amigos. Ele iria embora hoje e eu estava bem longe para me lembrar dele. Batidas na porta do quarto,maior preguiça mas me arrasto até lá. "As malas ",ouço quando estou abrindo com a chave. Ao abrir a porta me deparo com um garoto lindo,estilo americano sabe? Fiquei meia hora olhando para ele até perceber que só era para eu pegar a mala.
-Ha!-Fiquei sem graça,e minhas bochechas arderam de vergonha,então pedi para ele colocar as malas perto da cama,e agradeci,dando-lhe uma gorjeta.
-Não...Sem gorjetas,estou apenas cobrindo o Renato que faltou.
-Mas...
-Relaxa,só estou ajudando meu pai!
-Seu..pai?-Perguntei confusa
-Sim,ele é o dono deste hotel.
-Sério?Dá hora!-Disse sorrindo de um jeito desastrado.
- É..tenho que ir,qualquer coisa me chama!
-Ok-Respondi.
Ele por fim se foi,e eu revirei os olhos ao notar o quão patética tinha sido.
Dormir por mais um tempo,e ao acordar,decidi conhecer Londres.
Coloquei meu sobretudo mais quente,botas,e uma calça jeans,e fui para o elevador,ao mesmo tempo digitando um SMS para minha mãe,avisando que estava saindo,até que...
-Ai!-Reclamei
-Me desculpa...-Olhei para  ver quem era,e dei de cara com o carinha da mala.
- Desculpe. Está saindo?
- Sim... Vou conhecer a cidade ,ficar no quarto não vale muito a pena quando se está em Londres !
- Tem razão.. E se eu te falar que sou um ótimo guia, você me leva junto? - ele sorriu
-Sério?Não tem mais o que fazer? Porque estou pensando mesmo em aceitar sua proposta-Sorri-Sim,na verdade,estava procurando algo para fazer...Então,posso te levar a um lugar incrível,a melhor maneira de conhecer Londres.
-Perfeito.
Fomos conversando durante o caminho,Londres estava toda iluminada,era um pouco tarde.Descobri que o nome do 'garoto das malas' era Lucas,e na verdade,ele também morava no Brasil,mas vinha sempre curtir o pai em Londres.
-Então,onde vamos?-Perguntei finalmente.
-Bom,chegamos-Ele disse sorridente
Eu ia pagar a conta do táxi,mas ele insistiu em fazê-lo.
-Aqui em Londres os homens que mandam!
Revirei os olhos.
-Você não é daqui,tecnicamente falando!
Rimos,e então fomos caminhando juntos.
-É aí?-Apontei para roda enorme iluminada.
-London Eye,não existe maneira melhor de conhecer Londres!-Ele sorriu.
Fomos para a pequena fila,e finalmente entramos na imensa roda gigante.
As cabines da Roda gigante me lembravam um pouco as do bondinho do Rio de Janeiro,eram em formatos ovais,e tinham vidros para podermos enxergar tudo lá embaixo.
A neve cobria uma boa parte de Londres,o que deixava a vista lá de cima ainda mais linda.
Peguei minha câmera,e tirei uma foto.
-Não,pera!-Lucas pegou a câmera da minha mão-Encosta um pouco no vidro e olha pra cá!-Fiz o que ele pediu,e então sorri,ele tirou a foto,e piscou para mim,dando um sorriso em seguida-Ficou boa!-ele me deu a câmera
-Nossa,boa?Ficou perfeita!-As luzes haviam valorizado meu sorriso,e podia se ver um pouco de Londres,parecia até foto de famosa.
-É um Hobbie que tenho...
-Fotografar?-Perguntei
-Sim-Ele disse tímido.
- Que doido!- sorri e olhei pra frente imaginando onde Luan estaria uma hora dessa,se já estava em São Paulo...

Página Anterior Próxima Página Home